Supermercado Santa Isabel


Endereço:

Rua Dona Olimpia, n 1036, Vila Fátima

Cidade:

Jataí

Telefone:

(64) 3631-1769

As melhores ofertas estão aqui.
Venha conferir essas e muitas outras.
#MelhorAtendimento #MelhorPreço #VocêMereceOMelhor#VemProSupermercadoSantaIsabel

 

 

 

 

Ida ao supermercado com crianças: é ou não uma atividade divertida?

Ir ao supermercado com crianças pode ser uma experiência divertida, ou nem tanto assim. Depende das opiniões… Neste artigo vamos confrontar as opiniões de quem gosta muito de fazer compras com crianças, e de quem, pelo contrário, prescindiria de bom grado de tal atividade:

As crianças mostram-se divertidas e animadas no supermercado

Os apologistas da ida ao supermercado com crianças defendem que essa é uma atividade do total agrado da pequenada. Eles afirmam que o supermercado é um local por regra bem iluminado, animado, com muitas pessoas, muitas cores, grande diversidade de estímulos exteriores e por isso mais do que indicado para contentar os mais pequenos.

Também para os próprios acompanhantes das crianças é divertido contemplar a animação infantil e a forma como os petizes reagem a cada situação nova com que se deparam.

As idas ao supermercado são entediantes para as crianças

Quem entende que levar crianças ao supermercado é extremamente aborrecido, defende o seu ponto de vista invocando o próprio interesse das crianças. Na opinião dos detratores desta ideia, o mau comportamento de algumas crianças durante o ato das compras justifica-se com a absoluta falta de atrativos do local, e da atividade em si.

Alegam também que não está certo que as outras pessoas sejam expostas a birras e choros de crianças, apenas porque alguns pais insistem em as levar para um local que manifestamente lhes desagrada. Do ponto de vista destas pessoas, seria muito mais produtivo para a criança ficar em casa a fazer atividades durante o tempo em que os adultos fazem as suas compras.

As crianças gostam de brincar ao faz-de-conta que são crescidas

A imaginação infantil é muito poderosa e quanto a isso não podem existir dúvidas algumas. As pessoas que acham por bem levar consigo crianças quando vão fazer compras ao supermercado afirmam que é útil para a mente infantil imaginar que está na sua mão decidir o que comprar e o que gastar.

Enumeram também as vantagens de desde cedo a criança se ir familiarizando com o dinheiro, o custo dos artigos alimentares, a importância e a prioridade de certos alimentos, etc. Encarar a ida ao supermercado com as crianças como mais um complemento da sua educação cívica é essencialmente o que os defensores desta ideia proclamam.

Levar crianças ao supermercado é tão prejudicial para os adultos, quanto para as crianças

Quem considera muito aborrecida a presença de crianças no supermercado afirma que levar crianças para as compras é inútil para todos os envolvidos no processo.

Não só as crianças ficam sem nada divertido para fazer e fazem birras, como os pais acabam por não poder dedicar a devida atenção à escolha e seleção dos melhores produtos a adquirir, descuidando assim os aspetos económicos e práticos das compras.

O supermercado pode ser visto como uma alternativa viável aos passeios em família

Alguns pais que gostam de levar os seus filhos aos supermercados defendem que essa é uma alternativa muito viável aos vulgares passeios em família.

A ida ao supermercado envolve todos os membros do agregado familiar, acaba por responsabilizar todos pelos artigos a comprar, envolve adultos e crianças na mesma tarefa de escolher, comparar e planear, etc.

Além de que ir ao supermercado é, na opinião destes pais, muito mais económico do que sair em família para passear no jardim zoológico, almoçar fora, ir ao cinema ou ao museu.

No supermercado, crianças e adultos partilham tempo em comum, dividem opiniões e conversam de forma interativa, além de as crianças poderem também conviver com outras pessoas que não as do seu meio habitual.

É muito errado levar as crianças ao supermercado e depois convencê-las que já foram passear

Os opositores da ideia de crianças nos supermercados consideram muito errada a forma como alguns pais se convencem, e pretendem convencer as crianças, de que o supermercado é um substituto à altura das saídas em família.

Acusam esses pais de facilitismo e comodismo, além de falta de imaginação e pobreza de horizontes. Criança alguma fica divertida com uma ida ao supermercado, afirmam, e seguramente que nenhuma delas trocaria um cinema, ou uma tarde no jardim por algumas horas aborrecidas passadas entre prateleiras de produtos de mercearia.

Também para os próprios adultos a ida ao supermercado faz parte das obrigações de quem tem a seu cargo sustentar uma casa e alimentar uma família, e nunca pode ser confundido com diversão. Compras, prazer e crianças não combinam de forma nenhuma, segundo as suas convicções.

Este esgrimir de opiniões poderia continuar quase infinitamente, com cada um dos lados diferentes a defender os seus pontos de vista utilizando argumentos bastante subjetivos. Em boa verdade o que se afigura como mais saudável é deixar a cargo de cada família a inclusão, ou não, das crianças nas tarefas domésticas, como as idas aos supermercados. Cada criança é um caso diferente, e se há algumas crianças que de facto adoram ir com os pais às compras, outras provavelmente prefeririam ficar a assistir os desenhos animados da sua predileção. O ideal será criar um equilíbrio saudável e diversificado nas atividades que se podem e devem fazer com os mais pequenos.

Via/pequenada

 

Guia do supermercado para quem mora sozinha

Não, o papel higiênico não aparece magicamente no banheiro.

Ah, o sonho da moradia própria… Suas regras, sua casa, suas contas e seu supermercado. Quando você sai da casa dos seus pais, ninguém te conta o drama que é ter que montar uma lista com tudo aquilo que é preciso para sustentar um lar (e seu estômago). Esse guia pode resolver seus problemas com dicas práticas e uma sugestão de lista para levar na próxima viagem ao mercado!

Porções menores, bem menores

Quando você morava com os seus pais, a coisa mais natural do mundo era comprar 1kg de carne, 10 caixas de leite, duas dúzias de ovos… Mas quando você precisa alimentar somente um ser humano a conta muda bastante. Por isso, quando for comprar pães ou alimentos que vêm em grandes quantidades, congele o que não for consumir. Lembre-se: o seu freezer é o seu melhor amigo.

Mantenha um cardápio semanal

Não é exatamente um consenso, porém, planejar as suas refeições da semana ajuda a não comprar besteira ou precisar fazer três viagens ao supermercado. Sem contar que isso vai ajudar a não comer lasanha ou miojo todos os dias, vamos combinar. Leve em conta quantas vezes você, de fato, come em casa: se almoça fora todos os dias, já é um prato a menos.

Escolha o dia das compras

De nada adianta ir ao mercado na segunda, depois ir somente na quinta da outra semana… Um pouquinho de organização nessas horas faz toda diferença! Veja qual o melhor dia para você e também confira se há promoções em algum dia da semana. Seu bolso agradece!

Compra mensal x semanal

É mais fácil separar os itens de sobrevivência pela necessidade: produtos de limpeza, de higiene, de manutenção da casa (como papel toalha, sacos plásticos etc) e alimentos não perecíveis podem ser comprados uma vez por mês. Já os ingredientes frescos, como verduras, frutas e carnes, precisam ser comprados semanalmente ou a cada 15 dias.

Listas, listas por todo canto

Parece besteira, mas isso salva a sua conta bancária e a sua vida ao evitar que fique sem papel higiênico. Mantenha na geladeira ou então em um quadro na parede tudo o que tem na sua dispensa: papel higiênico, carne, frutas, arroz, açúcar, leite… Assim você sabe exatamente quanto tem e até quando terá!

Frutas e verduras: vá de feira

 

 

Elas são mais fresquinhas, mais gostosas, mais baratas e duram mais tempo do que as que você compra no supermercado. Se na sua cidade tiver grandes mercados ou feiras, tire um domingo para ir passear por lá e descobrir que uma dúzia de laranjas pode custar apenas R$ 1.

Tenha um açougueiro de confiança

Isso parece loucura e ninguém te conta, mas quando você pede a carne no balcão pode escolher o corte e, principalmente, a quantidade. Nada de levar 100g a mais da bandeja ou ter que cortar aquele pedaço em bifes menores para congelar. Já vai ter tudo nas quantidades certinhas de cada dia! Atenção: carnes descongeladas NÃO devem retornar ao freezer. E elas duram 3 meses no refrigerador.

Frango e peixe

São ótimos para um menu mais saudável e também ganham variações práticas durante a semana, como um frango assado, grelhado ou empanado. Na hora de congelar, coloque os filés separados um a um.

Ovos: a saída estratégica

Quando bater a preguiça, é muito fácil pensar em um prato com ovos e que não leva nem 5 minutos. Por isso, mantenha a sua geladeira abastecida com eles, mas sem exagero. Meia dúzia é suficiente para te salvar durante a semana!

Massas são essenciais

Macarrão é sempre uma boa opção para quem mora sozinha. É prático, rápido e se transforma em mil opções diferentes, desde salada até sopa. Para quem prefere comprar massa fresca, o truque é apenas ferver o que você vai consumir e congelar o resto. Se sobrar, aproveite para fazer uma salada no dia seguinte ou incrementar com um molho diferente no jantar! Molhos prontos são obviamente mais práticos, mas podem ser beeeem calóricos. Se preferir, prepare uma versão caseira mais saudável e congele em potes fechados de vidro por até 3 meses.

Ervas e temperos para incrementar receitas

Claro que as frescas são melhores e têm validade mais curta. Você pode congelar aquele manjericão ou alecrim que acabou de comprar, mas o ideal é realmente usar assim que comprar. Ou então manter uma hortinha para sempre ter fresquinho quando quiser!

Fresco x prontos

Itens como legumes pré-cozidos e saladas prontas são práticos no dia a dia corrido. A única ressalva é o preço: costumam ser mais caros do que os produtos frescos. Equilibre alguns legumes cozidos com as saladas para montar e você fica com o melhor dos dois mundos.

Mimos

Tudo bem, a gente sabe que sempre dá vontade de comprar aquele biscoito de chocolate importado maravilhoso, um queijo brie para acompanhar um vinho e comer filé mignon todos os dias. Se o mês estiver apertado, deixe para depois; senão, inclua até duas opções (se uma delas não custar muito caro) na sua listinha.

Saquinhos para congelar: a salvação!

Um item indispensável na lista de qualquer pessoa que não cozinhe todos os dias da semana e tem mais porções de comida do que precisa é aquele saquinho descartável, igual aos utilizados para pegar frutas, sabe? É fácil, rápido e mil vezes mais prático congelar com aquilo!

Economize no transporte

Se você não tem carro, pense bem em cada viagem ao mercado: além do gasto com as compras, você vai precisar incluir o valor do táxi ou do ônibus/metrô. E não vale ficar indo e vindo várias vezes, não é? Porque o carro também gasta gasolina e precisa pagar valor de estacionamento.

Como saber o que congelar e por quanto tempo?

Tomate não vai à geladeira e você não precisa esperar a comida esfriar totalmente para guardar, sabia? Nem batata deve ficar no refrigerador! Aquifizemos uma lista com 11 alimentos que não devem ir à geladeira, mas aquitambém um guia para você congelar certinho a comida. E não se esqueça de etiquetar os potes com a data!

Lista de compras mensal

  • Produtos de limpeza: 01 de cada
  • Itens de higiene pessoal (pasta de dente, xampu, condicionador, sabonete): 01 de cada
  • Papel higiênico: 01 pacote
  • Sacos de lixo, papel toalha, pano de limpeza, papel alumínio e papel filme: 01 pacote de cada
  • Arroz e feijão: 01 pacote de cada
  • Óleo: 01 unidade
  • Azeite: 01 extra virgem e 01 tradicional
  • Farinha de trigo: 01 pacote
  • Açúcar: 01 pacote
  • Café: 01 embalagem pequena (250g)
  • Temperos desidratados: 01 pacote de cada
  • Leite de caixinha: 03 caixas
  • Ovos: meia dúzia
  • Macarrão: 01 pacote
  • Cream cheese, requeijão e/ou manteiga: 01 de cada
  • Bebidas (sucos de caixinha, refrigerantes e alcóolicas): 04 unidades
  • Cereais: 01 de sua preferência
  • Legumes que duram mais tempo (batata, cenoura etc): compre por unidade e não pacotes
  • Mel: 01 unidade
  • Congelados que não são tão absurdamente calóricos: pão de queijo é uma boa ter no freezer, já que é rapidinho de fazer.

Lista de compras semanal

  • Frutas, verduras e legumes que precisam ser consumidos logo
  • Frios: compre por fatias (calcule o quanto você come na semana)
  • Pães: só compre o suficiente para a semana (e congele o restante)
  • Iogurte: se você come todos os dias, compre um para cada dia
  • Sucos: de caixinha, escolha de 2 a 3 por semana
  • Carnes: você tem a opção de comprar para a semana ou para o mês. Lembre-se de pedir as peças separadas para congelar depois. Comece com 150g de cada tipo para cada refeição e aumente ou diminua conforme a sua necessidade.
  • Geleias: compre as embalagens individuais!
  • Lanches: pão pita e tortilhas são boas opções para ter no armário, já que a validade é maior e eles substituem refeições.

Fonte/M De Mulher

10 dicas para fazer boas escolhas no supermercado

Ir ao supermercado faz parte da rotina de muitas pessoas e fazer as melhores escolhas é fundamental para ter um hábito de vida mais saudável, porém essa tarefa não é tão fácil quanto parece, pois quando chegamos lá, nos deparamos com diversos tipos de alimentos, marcas e muitas tentações.
Para facilitar um pouco as coisas, listamos abaixo 10 dicas que irão lhe ajudar na hora de fazer escolhas no Supermercado Santa Isabel:

Faça um LanchinhoAntes de ir ao supermercado faça um lanchinho em casa! Fazer mercado com fome é um perigo, você pode acabar comprando mais do que precisa.Leve uma ListaFaça uma lista de compras! Isso lhe ajudará a ficar focada durante as compras, além de tornar a ida ao supermercado mais rápida, já que você só precisará passar nos corredores que possuem o que você precisa.energie_10-dicas-supermercado-FRASES-03Fique atento aos rótulos dos alimentos! Isso evita que você caia nas “pegadinhas” das indústrias e acabe pagando mais caro por um produto que se diz uma coisa que não é! Lembrando que o primeiro ingrediente listado SEMPRE é o que tem em maior quantidade no alimento então, se você for comprar um pão integral, o primeiro ingrediente deverá ser farinha de trigo integral.Confira a ValidadeFique de olho na validade! Não leve alimento que está muito próximo da data de vencimento, pois você corre o risco de não conseguir usá-lo até a data. Além disso, também é importante verificar se as embalagens estão em bom estado de conservação, sem estarem rasgadas, amassadas, etc;Compare os produtosCompare os produtos! Mesmo sendo alimentos semelhantes, a diferença nutricional pode ser grande. Prefira aqueles que possuem menos açúcares, menos gordura saturada, menos sódio e seja isento de gordura trans. Prefira os que possuem maior quantidade de fibras.Procure o mais SimplesQuanto menos ingredientes, melhor! Fuja daqueles alimentos com lista de ingredientes enormes, quanto mais simples for o alimento, melhor para a sua saúde.Fuja dos IndustrializadosEvite comprar caldo de carne, sopas, molhos prontos e outros produtos industrializados (biscoitos recheados, macarrão instantâneo, achocolatados, etc), apesar de facilitarem bastante nossas vidas, esses produtos possuem muito sódio, gordura e açúcares na sua composição. Além disso, evitar esses alimentos leva a uma redução no valor total da sua compra!Qualidade AlimentarInclua nas suas compras: Leites ou iogurtes desnatados ou semi-desnatados, queijos mais brancos (ricota, cottage ou queijo minas), cereais integrais (arroz e pães integrais, aveia, linhaça, etc), adoçantes naturais (stévia, agave azul, etc) ou algum açúcar de melhor qualidade (mascavo, demerara, orgânico ou mel) substituindo o açúcar branco, carnes magras (frango e peixe), frutas e verduras frescas.Diet/Light são a melhor opção?Analise os produtos diet e light antes de colocá-los no carrinho, nem sempre eles são as melhores opções, pois podem ser mais calóricos e mais gordurosos que a versão normal, além de serem mais caros.Cuidado com as GuloseimasCuidado com as guloseimas! Evite passar pelo corredor onde elas se encontram e cuidado com aquelas estrategicamente colocadas ao lado dos caixas!
Boas compras!

Por Isabela Costa Feitosa Nutricionista – CRN6/12899

Lista de compras para supermercado: itens que não podem faltar em casa

Ir ao supermercado é uma tarefa penosa para você? Saiba que a falta de organização é um dos principais fatores que dificultam esse trabalho. Saber o que precisa ser comprado e ir às seções certas da loja são as chaves para economizar tempo do mercado e controlar melhor o orçamento doméstico. Confira algumas dicas e a lista básica de itens para as compras do mês.

Dicas para fazer compras de supermercados

  • Antes de sair para fazer compras, verifique em casa o que está faltando.
  • Leve a lista escrita ou no celular, assim você não corre os risco de esquecer alguns itens.
  • Anote na lista a quantidade de cada item que será necessário comprar.
  • Para não ter surpresas na hora de pagar, anote os preços de cada produto e vá calculando o valor total à medida em que adiciona os itens no carrinho
  • Não vá ao supermercado com fome, isso pode fazer com que você exagere na compra de alimentos.
  • Se você mora sozinho, não exagere na quantidade de alimentos perecíveis. Assim você evita o desperdício de comida e de dinheiro.
  • Cuidado com o consumismo e dê priopridade aos itens essenciais.

Lista de compras de supermercado

Alimentação

  • Açúcar
  • Sal
  • Arroz
  • Feijão
  • Farinha
  • Macarrão
  • Café
  • Leite
  • Óleo
  • Temperos
  • Molho de tomate
  • Queijo ralado
  • Ovos
  • Fermento
  • Pães
  • Carnes
  • Iogurte
  • Margarina ou manteiga
  • Maisena
  • Biscoitos
  • Hortaliças (alface, tomate, cebola e outros)

Limpeza

  • Sabão em pedra
  • Sabão em pó
  • Detergente
  • Desinfetante
  • Amaciante
  • Lustra-móveis
  • Álcool em gel
  • Água sanitária
  • Inseticida
  • Esponja de pia
  • Esponja de aço
  • Sacos de lixo
  • Luvas plásticas
  • Flanelas

Higiene e uso pessoal

  • Sabonete
  • Creme dental
  • Escova de dente
  • Fio dental
  • Absorventes
  • Barbeador descartável
  • Creme de barbear
  • Algodão
  • Desodorante
  • Shampoo e condicionador
  • Papel higiênico
  • Água oxigenada
  • Gaze
  • Hastes flexíveis
  • Esparadrapo
  • Curativos

Utilidades

  • Papel alumínio
  • Papel filme
  • Papel toalha
  • Guardanapo de papel
  • Fósforo
  • Velas
  • Lâmpadas
  • Fita isolante
  • Fita crepe

Clique na imagem e conheça a nossa pagina no Facebook

 

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});