Vereador Gildenicio Santos


Endereço:

Câmara Municipal de Jataí

Cidade:

Jataí

Telefone:

(64) 9 9988-2838

Daniel Vilela receberá título Troféu Jatobá, em Jataí

Daniel Vilela

CONVITE

Hoje, dia 28/06, quinta feira, às 19h30min, a Câmara Municipal de Jataí concederá honraria ao Dep. Federal Daniel Vilela

O Projeto de Decreto Legislativo que concederá o Troféu Jatobá ao deputado, maior honraria da casa, é de minha autoria – Ver. Gildenicio Santos e foi aprovado por unanimidade.

A proposição visa reconhecer os relevantes serviços prestados pelo parlamentar à população jataiense.

Você é meu convidado especial!

Vereador Gildenicio Santos contesta veto de Prefeito sobre lei “infância sem pornografia”

Atenção querido pastor (a) ou defensor (a) da família!

 

 

De acordo a assessoria do Vereador, foi aprovado a lei municipal de autoria do vereador Gildenicio Santos, sobre “infância sem pornografia”, que evita que no município de Jataí crianças e adolescentes tenham acesso a conteúdos pornográficos em qualquer órgão municipal ou evento, como o que aconteceu no banco Santander no Rio Grande do Sul.

No entanto, o prefeito vetou a lei por razões desconhecidas, o veto será votado hoje, dia 8 de maio, na câmara municipal de Jatai, às 14h.

Como sabemos que o senhor (a) é um defensor da família, contamos com a sua presença na sessão para que os vereadores não concordem com esse veto.

Ver. Gildenicio Santos enaltece a Criação da Universidade Federal de Jataí, que foi aprovada no Senado Federal

A universidade será integrada pelas unidades de Riachuelo e de Jatobá, com a transferência automática dos cursos de todos os níveis e dos alunos regularmente matriculados, assim como os cargos ocupados e vagos do quadro de pessoal da Universidade Federal de Goiás alocados no campus de Jataí e todo o patrimônio do campus. O próximo passo é a sanção presidencial.

_“É uma luta histórica das autoridades jataienses, especialmente do Dep. Federal DANIEL VILELA, do ex-prefeito HUMBERTO MACHADO, do atual prefeito, além das demais autoridades que lutaram por esse importante benefício.

Com a sanção presidencial, a nossa educação, na nossa cidade iniciará um processo de desenvolvimento sustentável muito grande. Parabéns para o povo jataiense por essa grande conquista.”

Gildenicio Santos reivindica cascalhamento de ruas do setor Nova Esperança

No período chuvoso, o acesso àquele setor, localizado na área do antigo Frivale, fica praticamente impossível.

O vereador Gildenicio Santos reivindicou à prefeitura o cascalhamento das ruas do setor Nova Esperança, nas proximidades do bairro Dom Abel.

Situado na área do antigo Frigorífico Vale do Rio Claro (Frivale), o setor conta com cerca de 300 famílias vivendo em condições de pobreza ou extrema pobreza, sem infraestrutura adequada.

O acesso ao local é dificultado pela precariedade em que se encontram as ruas, especialmente na época das chuvas.

 

 


Fundação Raízen é homenageada em sessão solene proposta pelo vereador Gildenicio Santos

Em sessão solene realizada no último dia 23 de novembro, no plenário João Justino de Oliveira, a Fundação Raízen recebeu o título de honra ao mérito. Proposta pelo vereador Gildenicio Santos, a homenagem deve-se aos relevantes serviços prestados por aquela organização não governamental à sociedade jataiense, por meio de seus projetos socioeducativos e profissionalizantes. A proposta foi aprovada por todos os vereadores.

A mesa de trabalhos foi composta pelos vereadores Gildenicio Santos (que presidiu a sessão), Agustinho de Carvalho Filho, o “Carvalhinho”, João Rosa, Kátia Carvalho e Major Davi Pires, pela coordenadora geral de Projetos Sociais da Fundação Raízen – Núcleo de Jataí, Franciara Maria de Oliveira, pelo gerente agroindustrial da Raízen, Walter Ventura Ferreira Júnior, pelo secretário Municipal de Gestão e Planejamento, Deiner da Costa Menezes (representando o prefeito Vinícius Luz), e pelo empresário Adelino Gameiro das Neves (representando o Lions Clube de Jataí).

Depois da entrega do título de honra ao mérito à coordenadora Franciara Maria de Oliveira e da apresentação musical de Ana Vitória e Talita, começou a fase de pronunciamentos. O vereador Vereador João Rosa destacou o caráter diferenciado da empresa, que é do ramo de açúcar e etanol. “A Raízen foi a primeira empresa que veio para Jataí não apenas para ganhar, mas para dividir seus lucros, para repassar recursos para entidades beneficentes do nosso município. Estão de parabéns, vocês da Fundação e o vereador Gildenicio Santos pela proposição”, disse ele.

Proponente da matéria, o vereador Gildenicio Santos explicou as razões da solenidade. “A grandeza da sessão solene desta noite não está somente na entrega do título de honra ao mérito, mas nas ações e projetos realizados pela Fundação Raízen em nossa cidade. Esta homenagem representa o reconhecimento em relação ao trabalho que vocês executam, que visa a constante melhoria da qualidade de vida de nossa comunidade. A busca da excelência não deve ser um objetivo, mas sim um hábito. Tenho certeza que é isto que norteia o trabalho de nossa homenageada em Jataí, no Estado e em todo o país”.

O vereador Carvalhinho ressaltou a importância dos projetos desenvolvidos pela entidade. “Agradeço a Deus por estar aqui nesta homenagem à Fundação Raízen, que é de grande relevância para nosso município. A Raízen é a única empresa que faz esse trabalho socioeducativo em Jataí. Agradeço a vocês pelo trabalho e ao vereador Gildenicio pela iniciativa”.

Já o vereador Major Davi Pires relembrou o início das atividades da usina e da fundação no município. “É um momento especial. Estou em Jataí desde 1996, estive no lançamento e na inauguração da empresa e da Fundação Raízen. Por isso fiz questão de estar presente a esta solenidade e que esta homenagem possa ser levada no coração de todos aqui presentes nesta noite”.

A vereadora Kátia Carvalho destacou o mérito da homenagem: “É uma honra ter vocês tão envolvidos com esse trabalho tão importante. Essa empresa que tanto arrecada para Goiás, todos vocês funcionários, estão de parabéns. Sou fiscal do meio ambiente e desde que comecei na área, há 13 anos, vocês da Raízen estiveram sempre presentes; também no esporte pude verificar a presença de vocês. É uma empresa que faz a diferença onde que que esteja, que não se furta à responsabilidade social e socioambiental, sempre pronta a colaborar com Jataí”.

A coordenadora geral de Projetos Sociais da Fundação Raízen, Franciara Maria de Oliveira, falou em nome da instituição. “Sinto-me muito grata e feliz por estar aqui e participar deste momento tão especial. Gostaria de agradecer a palavra de cada um. Vocês são parceiros nos projetos da Fundação e também da empresa. Vocês acreditarem em nossos projetos e no trabalho desta equipe é uma forma de incentivar a todos nós. Quero agradecer a toda nossa equipe, pois, se hoje muitos frutos surgiram para a cidade de Jataí, parte deles é resultado do trabalho dessas pessoas, sem esquecer as entidades que são nossas parceiras no município, cuja comunidade está sempre conosco. Sozinhos não conseguimos caminhar. Juntos sempre somos mais fortes”.

HISTÓRICO

A Fundação Raízen foi inaugurada em Jataí no dia 9 de fevereiro de 2012, para atender a comunidade por intermédio de ações e projetos socioeducativos e profissionalizantes na região. Até 2016 foram atendidos 500 alunos na faixa etária de 11 a 17 antos e formados 478 alunos em 24 cursos profissionalizantes. Além disso, foram incluídos 126 jovens no programa Aprendiz da Raízen.

Em relação aos projetos executados, foram beneficiadas cerca de 68 mil pessoas em 72 ações realizadas, envolvendo temas como educação ambiental, cidadania, diversidade, cultura, educação, solidariedade e voluntariado. Tais iniciativas também contemplaram os municípios de Montividiu e Rio Verde.

A instituição acredita que as campanhas internas e ações sociais empreendidas beneficiaram um público de 17,7 mil pessoas, com destaque para os resultados da Campanha do Agasalho e do Natal, com a doação de 21,6 mil peças de roupas arrecadadas, 9,6 mil litros de leite e a adoção de 1,12 mil cartas no Natal.

Crédito das fotos: Hélio Domingos/CMJ