• Publicado em

    Acidente envolvendo caminhão deixa 50 mortos

    A tragedia aconteceu na República Democrática do Congo, além das mortes, centenas pessoas tiveram queimadura de segundo grau.

    Cinquenta pessoas morreram  e centenas sofreram queimaduras após a colisão de um caminhão-tanque e um outro veículo em uma estrada nacional no oeste da República Democrática do Congo (RDC).

    “Lamentamos as mortes e os feridos, que tiveram queimaduras de segundo grau”, declarou o governador interino da província do Congo central, Atou Matubuana, citado pelo ‘site’ de informação ‘Actualité.CD’.

    O caminhão-tanque, carregado de combustível, colidiu com outro caminhão que estava chegando em Matadi, disse, acrescentando que estão no local especialistas judiciais para permitir o funeral das vítimas.

    Segundo o site, o vice-primeiro ministro dos Transportes, José Makila, lidera uma delegação que está se deslocando para a aldeia de Mbuta, perto de Kisantu (Congo central), onde ocorreu o acidente.

    “O governo da República enviou uma delegação conduzida pelo vice-primeiro ministro Makila, que está a caminho do local”, disse o governador, após uma reunião de crise realizada em Matadi.

    “Este gênero de acidentes não é frequente. Acontece em cerca de 1% na estrada nacional N1 na nossa província. Não identificamos ainda o veículo porque está tão incinerado que os trabalhos ainda decorrem”, acrescentou o governador ao final da manhã, citado pelo ‘Actualité.CD’. Com informações da Lusa.