• Publicado em

    Adolescente e jovem de 22 são mortos a tiros em Rio Verde GO

    Os dois assassinatos aconteceram em bairro diferentes, mas quase que simultaneamente na noite desta quarta-feira (29).
    COMPARTILHE

    O primeiro assassinato aconteceu por volta de 21 horas na Rua da Soja, no Residencial Nilson Veloso.

    A Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de disparos de arma de fogo, chegando ao local os policiais foram informados, que Jonas Gabriel Simplício dos Santos, de 16 anos estava na porta de sua casa quando chegou um veículo de cor prata com alguns indivíduos dentro do carro. De repente os ocupantes do veículo começaram a atirar contra Jonas, que foi atingido e caiu ao chão, os criminosos logo fugiram, com destino ignorado.

    O adolescente chegou a ser socorrido com vida pelo seu pai, que com ajuda de um vizinho levou o adolescente para o Hospital, mas  Jonas Gabriel não resistiu aos ferimentos e veio a óbito na unidade hospitalar.

    A polícia tem  a informação que uma briga que aconteceu dias atrás envolvendo Jonas seu pai e  seu irmão com um grupo do mesmo Bairro pode ter sido a motivação do assassinato, já que integrantes deste grupo os haviam ameaçado de morte. O caso segue sob investigação.

    Segundo homicídio.

    Vítima: Eduardo Peres Santos, de 22 anos

    Por volta da 21h19 a policia militar foi acionada para comparecer na Rua Francisco Bueno, no setor Jardim das Margaridas em Rio Verde, GO, onde um jovem havia sido baleado.

    No local os policiais foram informados que Eduardo Peres Santos, de 22 anos, estava em uma moto mais a sua namorada na porta de uma residência, neste momento um veículo Gol, de cor branca, se aproximou dentro do carro havia dois indivíduos. O passageiro do veiculo desceu e começou a efetuar disparos de arma de contra o Eduardo sendo que o jovem morreu ali mesmo no local. A namorada conseguiu correr, os assassinos também chegaram a atirar em sua direção, mas ela não foi atingida.

    O caso esta sendo investigado pela policia civil, os autores do homicídio ainda não foram identificados.

    Assista a reportagem abaixo;