• Publicado em

    Agressão, assédio e bebê internado: Globo acumula polêmicas em semanas

    O clima está mesmo tenso na maior emissora do Brasil
    COMPARTILHE

    O tempo anda atribulado na Rede Globo. A emissora vem acumulando casos que envolvem muita polêmica e, por vezes, a polícia.

    Como no caso de Marcos Harter, expulso do Big Brother Brasil nesta segunda (10)por causa de agressões contra a namorada, Emilly, dentro do programa. O médico já estava na mira do público por uma sequência de atitudes suspeitas como apontar o dedo no rosto de outras pessoas, seguidos de gritos e falta de controle. A situação piorou quando a polícia constatou agressões físicas em Emilly, além das psicológicas.

    No mesmo dia, a Globo teve que lidar com uma situação pra lá de delicada: um bebê de apenas três meses, que participou das gravações de ‘A Força Querer’, acabou sofrendo hipotermia e foi preciso ser internado.

    Além disso, a emissora da família Marinho lida com outro caso que comoveu o Brasil: o assédio de José Mayer contra a figurinista Su Tonani. O ator assumiu o abuso depois que a profissional relatou o que viveu na Folha de S. Paulo.

    Como se não bastasse, o cantor Victor, ex-jurado do ‘The Voice Kids’ foi indiciado por vias de fato contra a mulher, Poliana Bagatini, grávida de mais um filho do casal. A esposa acusou o sertanejo de agredi-la com chutes e empurrões. Clima tenso na maior emissora do país. Fonte/Noticias ao Minuto