• Publicado em

    Atendente de loja interrompe dança de menina negra com Papai Noel e é acusado de racismo

    O caso gerou polemica nas redes sociais nesta semana.

    Leia também: Criança de 9 anos é encontrada morta dentro da máquina de lavar

    Veja ao vídeo antes de ler a matéria abaixo sobre a polemica;
    

    Um vídeo divulgado nas redes sociais na manhã do último sábado (1º) mostra uma criança dançando com um Papai Noel de brinquedo em frente a uma loja em Pouso Alegre, no sul de Minas Gerais, quando um funcionário aparece e desliga o item, fazendo a música e dança pararem.

    As imagens geraram revolta na web e diversos internautas acusaram o estabelecimento de racismo. A gravação, de apenas oito segundos, foi compartilhada pela avó da criança no Facebook com a legenda: “Então .. é Natal?!?? Que doideira!! Acontece em Pouso Alegre…”.

    “Quanta ignorância é só uma criança. Racismo!”, comentou um internauta revoltado. “Foi maldade, pura ignorância”, escreveu outro usuário “Se criança tivesse pele clara não teriam feito isso”, diz mais um comentário na rede social.

    A “Loja Amiga”, onde aconteceu o caso, divulgou uma nota no Facebook pedindo desculpas pelo acontecimento: “Só temos a pedir desculpas pelo ocorrido, não somos a favor de nenhum tipo de ato racista”, diz parte do comunicado.

    Leia a íntegra: