• Publicado em

    Áudio atribuído a Chico Pinheiro mostra jornalista apoiando Lula

    Além disso, o jornalista teria feito críticas ao canal Globo

    Um áudio está circulando nas redes sociais e sendo atribuído ao jornalista da Globo Chico Pinheiro. Nele, o profissional critica o juiz Sergio Moro, responsável pelo pedido de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. As informações são da revista Veja. Procurado pela reportagem, Pinheiro se limitou a falar que “Nada tenho a dizer a respeito”.

    “Os coxinhas estão perdidos. Precisam de outro caminho agora”, diz ele em um trecho, explicando ainda que pensa que a direita está perdida. “Como ele disse [sobre o discurso de Lula no sindicato, antes da prisão], não sou mais um ser humano, sou uma ideia. Ideia não se prende, a gente tá solto”, continua o jornalista.

    “Ele [Lula] precisa sair, sim, mas vai sair na hora que for a hora. Que Lula tenha calma, sabedoria, inspiração divina, para ficar quieto ali um tempo, onde está”, ouve-se em outro trecho.

    Contratado do grupo Globo, Pinheiro teria ironizado a legenda usada pela GloboNews ao longo da cobertura da prisão de Lula,  “Sem Lula, PT precisa traçar novas estratégias”. O jornalista diz: “Ora, quem tem que traçar novas estratégias agora são eles, vão fazer o que agora?”.

    No final, ele menciona o fato de ter sido o apresentador do Jornal Nacional no último sábado (07), dia em que Lula se entregou à Polícia Federal e foi oficialmente preso.

    “Um beijo no coração de vocês que me representaram quando eu tinha que apresentar aquele jornal de ontem. Mas está tudo bem. A história é um carro alegre, cheia de um povo contente, que atropela indiferente todo aquele que a negue.”

    Confira o áudio: