• Publicado em

    Bruno e Marrone “Os Deuses da Musica Sertaneja”?

    É somente uma opinião, mas se for de sua vontade acredito que eles mereçam este titulo.

    A mitologia grega é famosa pelos seus Deuses, e a mitologia Sertaneja não é diferente, há décadas este estilo de musica que vem do sertão vem revelando talentos que dominaram um dos  maiores países do mundo, o nosso Brasil.

    Hoje é incontestável o poder da musica Sertaneja na nossa nação tupiniquim, se formos falarmos de referencias, transitamos por Tião Carreiro e Pardinho, Tonico e Tinoco, Chitãozinho e Chororó, Leandro e Leonardo e Zezé de Camargo e Luciano.  E da década de 90 para cá, o estado de Goiás se transformou no maior seleiro da musica sertaneja do país, nomes como Cristian e Ralf, Leandro e Leonardo, Zezé de Camargo e Luciano, Jorge e Matheus, Marília Mendonça são apenas alguns dos vários cantores que brotaram da terra do pequi.

    Mas uma dupla em especial, deve ser reverenciada de forma diferente, e esta dupla se chama Bruno e Marrone, pois desde que eles apareceram para o Brasil nos anos 2000, além do timbre diferenciado eles mostraram uma capacidade de se reinventarem como nunca foi vista por nenhum outro artista brasileiro, e principalmente do gênero sertanejo.

    Compartilhe esta matéria e concorra a R$ 500 reais. (clique aqui e veja as regras) 

    Bruno e Marrone não são bonitos e muito menos carismáticos, mas o sucesso   da dupla se deve exclusivamente as vozes e ao repertório que eles escolhem para cada álbum que eles lançam, e a maior prova disso foi o DVD “Ensaio” lançado neste ano de 2017, com uma linguagem moderna, ao mesmo tempo as musicas do DVD se remetem aos primeiros álbuns da dupla, no tempo em que eles só faziam sucesso em Goiás e Minas Gerais, nos anos 90 .

    Pode até parecer pretensão de chama-los de “Deuses da Musica Sertaneja”, mas qual outro artista que durantes dezessete anos permaneceu tendo suas musicas entre as dez mais tocadas do país, e sendo que na maioria dos anos, eles tiveram musicas na primeira e segunda colocação, e o mais importante, musicas que se eternizaram na cabeça dos fãs e até mesmo na cabeça de quem diz não gostar da dupla, pois nos bares ou nas festas de família é só tocar uma musica de Bruno e Marrone para todos (sem exceção) cantarolarem a canção como se fosse “Atirei o pau no gato”.

    Não há como negar, que esta dupla goiana é diferenciada de todas as outras, assim como as gargantas de ouro do Brasil (Milionário e José Rico), a dupla mais afinada do Brasil (Cristian e Ralf),  os plantadores de tomate que bateram todos os recordes (Leandro e Leonardo), e os dois filhos de Francisco (Zezé de Camargo e Luciano).

    Logíco que também nesta relação  não poderia faltar o nome dos passarinhos do Brasil, Chitãozinho e Chororó, dupla esta que foi inspiração para Bruno e Marrone, e que hoje divide o palco com eles no show denominado “Clássico”.

    Por isso e por muitas outras evidências, eu peço licença aos leitores e a todos os brasileiros, para que eu, simplesmente um “Zé Ninguém” conceda o título a Bruno e Marrone de “Os Deuses da Musica Sertaneja”, pois pelo menos para mim, e acredito que para outros milhares de fãs, eles são Deuses.

    Assinado.: Saulo Prado

    Veja aos videos abaixo e depois me diga se concorda ou não com a minha opinião;




  • Participe do debate em nosso grupo no Facebook