• Publicado em

    Cantor sertanejo contrata prostitutas para uma coisa diferente

    Famoso não quer ato sexual de profissionais, mas apenas ficar olhando para elas.
    COMPARTILHE

    No mundo dos famosos, tudo é possível. De acordo com informações do colunista Léo Dias, do jornal ‘O Dia’, um famoso cantor sertanejo tem uma tara e tanta. O apresentador do ‘Fofocalizando’, programa vespertino exibido pelo SBT, garante que ele contrata algumas garotas de programa e ainda faz questão de pagar em euro. Essa é apenas uma das matérias de Léo Dias sobre uma agência de luxo apenas para prostitutas, localizada no estado de São Paulo. Ela já havia noticiado, por exemplo, que uma famosa apresentadora faria festinha com outra mulher e o marido, também em um hotel de luxo na maior cidade do país. No caso dela, tudo foi para apimentar mais a relação e estaria dando bastante certo.

    Agora sobre o cantor sertanejo, que assim como a apresentadora não teve o seu nome identificado, uma informação chamou mais nossa atenção. Ele contrataria as moças, pagaria caro, mas não teria qualquer tipo de relação sexual com elas. O fetiche do ídolo da música brasileira é apenas olhar para as belas donzelas, que para ele se apresentam. Além de olhar as gatas de apresentando para ele, o profissional da música fica bebendo o seu uísque, de boa no cantor dele. A agência de luxo, por ser muito discreta, não gosta de revelar os nomes de seus clientes. Por isso, esse cantor continua no anonimato.

    No exterior, em alguns países, a prostituição é crime. Aqui no Brasil, o que é visto como delito é ganhar dinheiro em cima da prostituição. Caso um homem ou mulher queira cobrar pelo seu corpo, não há problema legal, mas caso outra pessoa cobre pelo corpo dos terceiros é sim crime. No Brasil, índices como o da prostituição infantil são bastante altos. Por isso, nomes como o da Maria da Graça Xuxa Meneghel, usam suas imagens para tentar conter esse tipo de delito.

    Outro dano comum no país é o assédio sexual e o estupro. Recentemente, o ator José Mayer, da TV Globo, foi suspenso das atividades da dramaturgia após assediar sexualmente uma figurinista no Projac. A Globo pediu desculpas à profissional. Fonte: É Manchete/BN




  • Participe do debate em nosso grupo no Facebook