• Publicado em

    Carga de combustível roubada em Jataí é recuperada no Distrito Federal

    O motorista do caminhão disse aos policias que foi contratado pelo site OLX para fazer o transporte do diesel entre Goiânia e Brasília

    De acordo o site Mais Goiás, um caminhão com dois tanques de diesel que foi roubado em Jataí  na segunda-feira (2) foi recuperado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Brasília na tarde desta terça-feira (3) após uma denúncia anônima. A vítima do roubo informou aos policiais que foi abordado pelos criminosos na BR-060, e que a carga de diesel está avaliado em R$ 133 mil reais.

    A PRF-DF recebeu a informação de que o caminhão circulava entre a BR-070, próximo ao posto policial de Ceilândia. Uma viatura saiu para averiguar e localizou o caminhão e os tanques na DF-180, via que interliga as Brs 070 e 060.

    Segundo a corporação, durante a abordagem o motorista do caminhão informou que foi contratado, através do site de compras e vendas OLX, para ganhar R$500 reais para transportar o carga de Goiânia para Brasília, mas não deu o destino exato.  Dentro do veículo os agentes encontraram um equipamento Jammer, conhecido como “capetinha”, que é um aparelho utilizado para atrapalhar o rastreamento.

    O homem foi conduzindo para 24º Delegacia de Polícia de Ceilândia, onde o delegado determinou a prisão em flagrante pelo crime de roubo.  Ele ficará preso à disposição da justiça.

    Roubo

    A vítima do roubo, motorista do caminhão, contou aos policias que conduzia o veículo Scania R440 pela BR-060 transportando diesel, quando foi abordado por cinco indivíduos que estavam em dois carros na BR-060, a cerca de 30 quilômetros de Goiânia. Dois deles desceram dos veículos e com armas de grosso calibre mandaram o motorista passar para o banco de trás e um deles assumiu a direção.

    De acordo com a Polícia Civil, depois de 5 quilômetros do local da abordagem, a vítima foi retirada do caminhão e colocada em um dos carros, onde ficou por cinco horas em poder dos suspeitos até chegar em um cativeiro. O motorista ficou na casa e foi libertado por volta de 20h na cidade Trindade. Ele  contou aos policias que antes da libertação, foi agredido com coronhadas na cabeça. Em seguida os indivíduos fugiram levando R$300 reais do motorista e o aparelho celular.