• Publicado em

    Cena em filme teria motivado suicídio da atriz pornô August Ames

    Ela foi encontrada enforcada, aos 23 anos, em Los Angeles, em 5 de dezembro de 2017

    Pouco mais de um ano depois da morte da atriz pornô August Ames, aos 23 anos, um podcast sobre a sua vida aponta o principal fator que teria levado a jovem ao suicídio: cenas pesadas em filmes, que teriam remetido a abusos sofridos na infância.

    Os produtores do podcast, Jon Ronson e Lena Misitzis, contaram ao ‘New York Post’ que Ames era perturbada e foi levada ao seu limite em uma cena do seu último filme. As imagens mostram ela sendo violentamente acuada pelo ator russo Markus Dupree, que força a jovem a fazer determinadas posições.

    Leia também: Ao fugir de fogos, cadela viaja 100 km presa a carroceria de veículo

    Para os produtores, “os espectadores podem ver literalmente o momento em que Ames decide deixar de viver”.

    Outra hipótese apontada anteriormente como motivação para o suicídio é uma polêmica em que a atriz se envolveu após se recusar a trabalhar com colegas que fizeram pornôs gays. À época, ela recebeu muitas mensagens acusando-a de homofobia.

    August Ames foi encontrada enforcada em um parque na região de Los Angeles em 5 de dezembro de 2017. O incidente levantou discussões sobre a saúde mental de membros da indústria pornográfica, impulsionadas por outros casos envolvendo diferentes atrizes.

    Fonte/Noticias ao Minuto