• Publicado em

    Pastor morre após se acidentar na GO 174 em Rio Verde

    A dificuldade vivida pelo IML de Goiás de liberar e até mesmo recolher os corpos, é devida a falta de estrutura oferecida pelo estado. Os funcionários do órgão tem que se desdobrar para oferecer um serviço que ainda não agrada a população.

    A família de José Paulo de Araújo Oliveira, conhecido como “Pastor Zé Paulo”, passou dificuldades para liberar o corpo para o velório. A demora no Instituto Médico Legal (IML) de Rio Verde (GO) ocorreu da tarde de domingo (12). De acordo informação divulgada nas redes sociais por amigos do pastor, a demora deu-se devido ao fato da falta de medico legista.

    O IML de Rio Verde ainda não se pronunciou sobre o caso.

    Concorra ao sorteio do valor de R$ 500 reais compartilhe; clique aqui e veja as regras na fanpage do Plantão JTI.

    O acidente:

    O Pastor Zé Paulo da Assembleia de Deus Perus, situada no Jardim América, em Rio Verde, no Sudoeste Goiano, morreu após uma capotamento na GO 174 em Rio Verde.  Segundo informações divulgadas ele capotou o veiculo ao tentar desviar de um caminhão para não colidir frontalmente.

    A vítima chegou a ser socorrida com vida e encaminhada ao Hospital, e até mesmo a ser liberada da unidade hospitalar, mas voltou a passar mal na manhã deste domingo e acabou vindo a óbito.

    Parentes e amigo do pastor lamentaram sua morte nas redes sociais.

    Leia Também: Motorista embriagado é preso transportando suíno em cadeirinha de bebê em Goiás

    Leia também: Mortos em baile funk são empilhados nos fundos do IML; foto vaza

    Leia também: Criminoso que prejudicou o cantor Leonardo e outras pessoas em Goiânia chorou e alegou problemas pessoais, diz vítima