• Publicado em

    Eduardo Costa se revolta e ameaça Fernanda Lima após discurso em ‘Amor & Sexo’

    Mesmo não citando nomes, o cantor acabou interpretando que a declaração da apresentadora era sobre o presidente eleito, mas o programa em questão foi gravado em julho.

    O cantor Eduardo Costa acabou se revoltando com o discurso de Fernanda Lima, durante o programa ‘Amor & Sexo’ de terça-feira (6), e ameaçou a apresentadora, citando o presidente eleito Jair Bolsonaro.

    No programa dedicado à mulher, Fernanda defendeu a luta contra “as engrenagens do sistema de opressão”.

    “Mais de 60 milhões de brasileiros votaram no Bolsonaro e agora essa imbecil com esse discurso de esquerda! Ela pode ter certeza de uma coisa, a mamata vai acabar, a corda sempre arrebenta pelo lado mais fraco, e o lado mais fraco hoje é o que ela está. Será que essa senhora só faz programa pra maconheiro, pra bandido, pra esquerdista derrotado e pra esses projetos de artistas assim como ela?”, disse o cantor.

    “Bolsonaro não está sozinho, o povo está com ele a senhora pode ter certeza, o Brasil vai sabotar é a senhora se Deus quiser. Sérgio Moro vai começar a ajudar a sabotar, pode esperar”, completou.

    Mesmo não citando nomes, o cantor acabou interpretando que a declaração da apresentadora era sobre o presidente eleito, mas o programa em questão foi gravado em julho.

     

     

    Visualizar esta foto no Instagram.

     

    Vocês viram o discurso da @fernandalimaoficial ontem? Quem curtiu? Eu amei! Essa mulher sempre arrasa, dá vontade de ser amiga dela… (🎬 @redeglobo)

    Uma publicação compartilhada por Gina Indelicada (@ginaindelicada) em 7 de Nov, 2018 às 3:15 PST

    Após as ameaças de Eduardo Costa, o ator e apresentador Rodrigo Hilbert, que é marido de Fernanda, defendeu a loira em uma publicação no Instagram. “O amor que tenho por você é maior do que todo o ódio do mundo”, escreveu.

     

    Visualizar esta foto no Instagram.

     

    O AMOR QUE TENHO PRA VC, É MAIOR DO QUE TODO ÓDIO DO MUNDO! ❤️

    Uma publicação compartilhada por Rodrigo Hilbert (@rodrigohilbert) em 8 de Nov, 2018 às 8:43 PST

    (Dol)