• Publicado em

    Em Goiânia rapaz devolve celular achado, recusa recompensa, mas pede emprego

    Comovido com a nobre atitude do adolescente que recusou os R$200, mas pediu uma oportunidade de emprego, o dono do celular criou uma campanha nas redes sociais em busca de uma vaga no mercado de trabalho para o adolescente.

    Nikolas Soares Valério relatou o seguinte em seu perfil no Facebook; neste último final de semana eu perdi meu celular particular (Iphone 6 – 16gb) em uma festa. Certo de que jamais veria o aparelho novamente eu já havia programado a compra de outro para hoje, na segunda.

    No domingo me liga um rapaz, de 17 anos, que encontrou o celular e gostaria de devolver. Marcamos de eu ir na casa dele para buscar o aparelho. Prontamente ele me devolveu e eu quis dar R$ 200,00 para ele, como forma de agradecimento, mas o que ele realmente está procurando é uma VAGA DE EMPREGO.

    Então se você tem uma vaga para alguém começar, aqui está o CV dele. Já vai sabendo que esta contratando uma pessoa de caráter raro!

    Nenhum texto alternativo automático disponível.

    Pablo Junior Oliveira de Paula

    Pablo Junior Oliveira de Paula

    Não demorou para a historia se espalhar pelas redes sociais e se tornar matéria nos principais sites de noticias do estado.

    A atitude do jovem Pablo Júnior Oliveira de Paula, de 16 anos, chamou a atenção dos internautas.

    Depois do post feito por Níkolas, Pablo contou em entrevista ao G1 GO que recebeu dezenas de propostas para participar de programas de aprendizagem de empresas, visto que ele é menor de idade.

    “Eu ainda não participei de nenhuma entrevista, mas acho que vai dar certo, tenho que escolher agora em quais vou, porque são muitas. Eu fiquei bem surpreso, porque fiz algo tão normal”, afirmou.

     

  • Participe do debate em nosso grupo no Facebook