Um boato tem se espalhado em Goiás pelas redes sociais com a informação de que o candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, teria morrido nesta quinta-feira (13), uma semana após ter sofrido um ataque a facada durante um ato de campanha em Juiz de Fora (MG).

Trata-se de um comunicado falso. Um boletim médico divulgado pelo Hospital Albert Einstein, no início da noite de hoje, mostra que o presidenciável continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) sem previsão de alta, depois de passar por uma cirurgia ontem à noite para tratar uma aderência que obstruiu o intestino delgado.

O candidato, inclusive, postou um comentário no Twitter pouco antes da publicação desta matéria.

veja mensagem no Twitter;