• Publicado em

    Família procura cabeleireira desaparecida desde domingo (31/12), em Goiás

    Mulher saiu de casa arrumada e maquiada na noite do último dia de 2017 e, desde então, não foi mais vista

    Familiares de Heloísa de Sousa Rodrigues, 38 anos, vivem em plena angústia há três dias. A cabeleireira foi vista pela última vez na noite de domingo (31/12). Desde então, apesar das sucessivas tentativas, os parentes não conseguem localizá-la.

    Segundo a filha Thamirys de Sousa Vieira, 23 anos, Heloísa trabalhou normalmente até as 18h de domingo. Ela teria saído do salão de beleza — do qual é proprietária — em Santo Antônio do Descoberto (GO), visitado um dos filhos e voltado para casa, também na cidade.

    O marido contou que ela se maquiou, colocou um vestido rajado preto e branco e saiu sem informar o destino. Os familiares só começaram a se preocupar com a falta de notícias na segunda-feira (1º/1), quando se mobilizaram para encontrá-la. O WhatsApp dela consta que a última mensagem visualizada foi às 21h17.

    “Até então, achávamos que ela teria passado o Réveillon na casa de alguma amiga ou parente. Começamos a ligar para todos os conhecidos e ninguém tinha visto minha mãe. Desde então, estamos desesperados”, conta Thamirys.

    Leia também: Cabeleireira dada como desaparecida em Goiás estava em retiro espiritual

    Foto cedida pela família

    Cabeleireira desapareceu no último dia de 2017


    Ciops fechado

    Os familiares tentaram na segunda (1º) e na terça (2) registrar ocorrência no Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) de Santo Antônio do Descoberto, mas a unidade policial estava fechada.

    Quem tiver alguma informação do paradeiro de Heloísa pode ligar nos seguintes telefones: (61) 98445-3280, (61) 98659-2956 ou (61) 99411-3232.



    Fonte/ Metrópoles