• Publicado em

    Garra/Deic prende latrocidas de taxista 2 dias após crime que chocou Goiânia

    Elias Emanuel e Washington dos Santos foram presos em flagrante em suas residências; Samuel Bernardes foi enquadrado por posse de arma raspada

    A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do Grupo de Repressão a Roubos, da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Garra/Deic), prendeu Elias Emanuel Silva Paz, 21 anos, e Washington dos Santos Lira, 22 anos, no sábado (19). Eles são autores do crime de latrocínio que vitimou o taxista Corcino Viana de Brito, 55 anos, na quinta-feira (17). Também foi capturado Samuel Bernardes dos Santos, 18 anos, pelo crime de posse irregular de arma de fogo com numeração raspada, uma vez que guardava a arma de fogo utilizada no crime.

    Imediatamente após a prática do crime, os policiais civis empreenderam diligências para a busca de informações e imagens captadas por câmeras de monitoramento nas imediações do local do crime. A partir da análise dos elementos de informações coligidos, foi possível identificar os indiciados, os quais foram presos em flagrante em suas respectivas casas.

    Interrogados sobre o fato delituoso, eles confessaram sua autoria. Relataram que retornavam de uma festa quando se depararam com o taxista e resolveram segui-lo, até quando o abordaram e anunciaram o crime de roubo. Devido à reação da vítima, Washington a alvejou duas vezes com disparos de arma de fogo. Também ficou esclarecido que Elias conduzia a motocicleta, também apreendida. Samuel guardou a arma de fogo utilizada no crime. Apurou-se, ainda, que todos são amigos e apenas Elias possui antecedentes penais negativos. Ele cumpre pena por crime de roubo praticado em estabelecimento comercial ocorrido em 10 de novembro de 2015.




    Fonte/Policia Civil
  • Participe do debate em nosso grupo no Facebook