• Publicado em

    Goiás: Espetáculo de palhaços para adultos “Édipo Rei – O Rei dos Bobos” a céu aberto

    Depois de realizar uma temporada independente em 2015, Édipo Rei - O Rei dos Bobos retorna às ruas para circulação em cidades do Goiás e do Distrito Federal
    COMPARTILHE

    Édipo Rei – O Rei dos Bobos, livremente inspirado no clássico grego Édipo Rei de Sófocles, é o resultado da pesquisa acadêmica do ator, diretor e palhaço Denis Camargo pelo Programa de Pós-Graduação do Instituto de Artes da Universidade de Brasília, na qual investiga em sua tese de doutorado “o espaço da palhaçaria no gênero trágico: aplicações e implicações de procedimentos cômicos no trabalho do ator palhaço”.

    Contando com um elenco formado por 15 atores-palhaços e 06 músicos, o espetáculo que há dois anos teve sua estreia e realizou uma temporada com seis apresentações no Parque da Cidade em Brasília-DF, agora vai circular gratuitamente pelo Goiás e Distrito Federal. O projeto estreia dia 07 de setembro em Anápolis, depois segue pra Goiânia e em outubro é a vez de Pirenópolis.

    Este é um espetáculo de palhaços para adultos que narra a história do rei Édipo que está preocupado com a terríveis desgraças que recaíram sobre Tebas, a cidade que governa. Como expectativa de uma solução para tantos problemas, envia seu cunhado Creonte para consultar o oráculo de Apolo. Creonte, ao retornar, informa ao rei Édipo que a maldição acabaria apenas quando o assassino de Laio, o antigo rei de Tebas, fosse encontrado e punido com a morte ou o exílio.

    Assim, Édipo Rei passa a dedicar-se inteira e exclusivamente à tarefa de descobrir quem teria sido o assassino do rei Laio. Ele começa por interrogar diversos cidadãos sobre o fato ocorrido, incluindo o adivinho chamado Tirésias, que diz a Édipo que fora ele mesmo que teria matado Laio.

    Contudo, Édipo Rei desconfia que Tirésias tenha se aliado a Creonte para destroná-lo. Ao envolver a própria família, sua esposa Jocasta intervém, tenta acalmá-lo e, com isso, pede para que Édipo conte toda a sua história. Jocasta desconfiada, também procura dissuadir Édipo de sua busca incansável da verdade. Logo, Jocasta implora a Édipo para não vasculhar ainda mais seu passado, porém seu pedido é ignorado ferozmente.

    O rei questiona mais pessoas, incluindo um mensageiro de Corinto e o antigo servo de Laio que saberiam melhor sobre a história de como Édipo fora abandonado por seus verdadeiros pais e adotado pela sua família de Corinto. Jocasta percebe que, na verdade, é a mãe de Édipo e que o rei Laio era seu verdadeiro pai.

    Horrorizada com o que ela acabara de descobrir, Jocasta tira a própria vida. Logo em seguida, o próprio Édipo percebe a verdade sobre a sua origem e fica tão horrorizado com seu destino trágico que decide furar os próprios olhos.

    Édipo Rei – O Rei dos Bobos revisita, por meio da técnica da palhaçaria, essa tragédia que é considerada a tragédia das tragédias. Édipo Rei é uma tragédia tão complexa e que leva a tantas reflexões sobre o homem, a liberdade e o destino.

    SERVIÇO

    De 07 de setembro a 29 de outubro de 2017
    Horário e locais: Confira a programação
    Ingressos: Entrada franca
    Classificação: 16 anos
    Duração: 70 minutos
    Informações: 61 99393-5770

    PROGRAMAÇÃO

    07 e 08 de setembro
    Local:  Parque Ipiranga
    Horário: Quinta e sexta às 20h
    Endereço: Anápolis/GO

    09 e 10 de setembro
    Local: Entrada do Parque Mutirama
    Horário: Sábado e domingo às 18h
    Endereço: Goiânia/GO

    28 e 29 de outubro
    Local: Em frente ao Museu, antigo presídio
    Horário: Sábado e domingo às 20h
    Endereço: Pirenópolis/GO

     

    FICHA TÉCNICA

    Espetáculo: Édipo Rei – O Rei dos Bobos
    Adaptação, Concepção e Direção: Denis Camargo
    Colaboração: Lidiane Araújo, Ana Luiza Bellacosta e Hugo Leonardo.
    Atores palhaços: Denis Camargo (Édipo Rei), Simone Marcelo (Jocasta), Hugo Leonardo (Creonte), Lupe Leal (Tirésias), Beto Galdino (Coro), José de Campos (Mino), Luiz Alfredo Vannini (Tauro), Ana Luiza Bellacosta (Grã Sacerdotisa, Corifeu I e Coro), Deni Moreira (Mensageiro de Corinto e Coro), Stephanie Marques (Corifeu II e Coro), Mariana Neiva (Corifeu III e Coro), Pedro Jorge (Corifeu V e Coro), Lorena Matos (Coro), Luiza Martins (Coro) e Pedro Mesquita (Servo de Laio e Coro).
    Músicos: André Araújo, Joana Lopes, Isabella Pina, Lucas Ferrari, Marley Medeiros, Tina Carvalho
    Apoio: Ana Luiza Bellacosta e Hugo Leonardo
    Adereços cênicos: Denis Camargo
    Figurinista: Andréa Patzsch e Denis Camargo
    Cenografia: Roustang Carrilho.
    Iluminação: Moisés Vasconcelos e Lemar Resende
    Fotografia e Programação Visual: Estúdio Carbono – Thiago Sabino
    Assessoria de Imprensa: V4 Cultural – Pedro Caroca
    Produção: Kamala Ramers
    Assistente de Produção: Dan Kuae e Roustang Carrilho
    Fomento: Fundo de Apoio à Cultura da Secretaria de Cultura do Distrito Federal
    Agradecimentos: Prefeitura e Secretaria de Cultura de Anápolis, Prefeitura de Goiânia AGETUL – Goiânia, Prefeitura de Pirenópolis, Secretaria de Cultura de Pirenópolis, Administração do Parque da Cidade – DF e Parque Mutirama Goiânia



  • Participe do debate em nosso grupo no Facebook