• Publicado em

    Goiás mais seguro em Jataí reúne corretores de seguro, comerciantes e autoridades locais

    Para uma plateia atenta formada por comerciantes, estudantes e autoridades locais, além de corretores de seguros e demais integrantes do setor, Lucas Vergilio esclareceu como funciona o mercado de seguros.

    “O seguro deve ser visto como um investimento, e não um custo. Para mudar essa mentalidade, é preciso educação financeira”, frisou o presidente do SINCOR-GO e deputado federal Lucas Vergilio na manhã desta sexta-feira em Jataí, na Região Sudoeste do Estado, em mais uma etapa do Goiás Mais Seguros. O ciclo de palestras para divulgar a importância social e econômica do seguro já percorreu seis municípios goianos e em Jataí foi realizado na Associação Comercial da cidade, uma das mais ricas do Estado.

    Para uma plateia atenta formada por comerciantes, estudantes e autoridades locais, além de corretores de seguros e demais integrantes do setor, Lucas Vergilio esclareceu como funciona o mercado de seguros. “Ao gerir os riscos de seus segurados, a seguradora contribui para a manutenção do patrimônio de famílias e empresas, gerando poupança e fomentando desenvolvimento”, destacou o presidente do SINCOR-GO.

    O parlamentar comentou ainda sobre a participação dos seguros no País. “Hoje a participação do mercado de seguros representa 6% do PIB brasileiro, número muito aquém do potencial de sua economia. É um desafio aumentar esta porcentagem e por isso o sindicato está se empenhando tanto em levar a cultura do seguro para todo o Estado”, frisou. Ele lembrou que, nos países desenvolvidos, a participação do seguro chega à casa dos dois dígitos.

    O quadro atual, porém, é de otimismo. O parlamentar lembrou um dado que pouca gente sabe: mesmo no período recente de crise econômica, o setor de seguros teve um crescimento de 13% em 2017. “Que outra área teve um desempenho tão significativo como a do mercado de seguros? Ainda há incerteza política, mas a queda de juros e o controle da inflação estão incentivando os empresários a investir, a crescer. E o mercado de seguros está pronto, preparado para blindar os riscos para o setor produtivo”, destacou o parlamentar.

    Lucas Vergilio destacou ainda algumas das ações e projetos de sua autoria apresentados na Câmara Federal na área de seguros. O PLP 1/15, que trata da obrigatoriedade da contratação de seguros por promotores e organizadores de eventos artísticos, surgiu a partir da tragédia da boate Kiss, em Santa Maria (RS). De modo geral, o PLP propõe que o alvará de funcionamento de estabelecimentos como casas de shows, cinemas, estádios, teatros e centro de convenções, entre outros, esteja vinculado a um seguro de incêndio e de responsabilidade civil.

    “Para obter o alvará será preciso ter a apólice de seguro. E o contrato, claro, só será fechado após uma vistoria técnica, que garantirá condições de funcionamento”, frisou o parlamentar. “Do contrário, ela não vai efetivar o contrato de seguro. Imaginem quantas boates Kiss existem aqui em Jataí, em todo o País?, questionou o presidente do SINCOR-GO.

    Ele destacou também o Prev Saúde, que permitirá que os trabalhadores complementem o valor de sua aposentadoria pela Previdência. De acordo com o projeto de lei, o trabalhador faria uma espécie de poupança cujo valor ele poderá sacar ao se aposentar ou na perda do emprego, para ser usado em saúde.

    O projeto de lei, que também prevê incentivos fiscais aos empresários que investirem no Prev Saúde para os seus funcionários, aguarda votação no Senado. “Ao diminuir a dependência do SUS, o Prev Saúde promoveria mais qualidade de vida da população, ensinaria a população a poupar e tiraria muito peso dos ombros do poder público em gastos com saúde”, destacou.

    Outra proposta em tramitação envolvendo o seguro, mas de interesse amplo para a população brasileira é o PL 8338/17, que prevê a criação de um novo modelo de seguro obrigatório de acidentes de trânsito, o SOAT, substituindo o atual DPVAT, obsoleto e contaminado por fraudes.

    “Como mudar se transferirmos a responsabilidade do modo como vivemos para outras pessoas ou situações externas?”, disse a analista comportamental, profissional e self coach Raquel Nuevo em sua palestra sobre motivação pessoal, realizada logo em seguida à apresentação de Lucas Vergilio. Entre outros tópicos, a profissional abordou ainda temas como padrão de pensamentos e a importância de pensamentos positivos para uma vida mais harmônica, em que as pessoas possam ser sujeitos, e não vítimas, de suas próprias histórias.

    Na plateia que participou do Goiás Mais Seguro em Jataí, estiveram presentes a vereadora Kátia Carvalho, José Carlos de Queiroz, diretor da AABB de Jataí, e Marluce Silva Sousa, da Gerência de Ensino, Pesquisa e Extensão do Instituto Federal de Goiás/Câmpus Jataí, e João Batista P. de Lima, presidente da Associação Conviver. Além das autoridades citadas, também estiveram presentes representantes da Capemisa, Sul América Seguradora e Porto Seguro Seguros