• Publicado em

    Idoso é detido com 13 porções de maconha escondidas dentro de colchão

    José Dorneles da Costa, de 67 anos, iria entregar item para o preso Mateus Henrique Muniz, na Unidade Prisional de Maurilândia, região sudoeste do estado. Eles responderão por tráfico de drogas

    Um idoso foi detido, nesta quarta-feira (05/12), ao tentar entrar com 13 porções de maconha (40 gramas) escondidas dentro de um colchão, na Unidade Prisional de Maurilândia, região sudoeste do estado. José Dorneles da Costa, de 67 anos, iria entregar o item para o preso Mateus Henrique Muniz, 21, que também foi detido e levado para a delegacia.

    Antes da detenção em flagrante, um menor de idade foi visto nas redondezas da unidade com um colchão, semelhante ao que estavam as porções de maconha.

    Por conta desta situação, José Dorneles foi questionado pelos agentes de segurança prisional e negou conhecer o menor de idade. Em defesa, ele alegou que é apenas um taxista no município e recebeu uma ligação para entregar o colchão na unidade.

    Leia também: Polícia apreende adolescente que Cultivava maconha dentro de casa em Jataí 

    José Dorneles responderá por tráfico de drogas, assim como o preso Mateus Henrique Muniz, e ficará impedido de entregar na unidade novamente.

    Planaltina de Goiás

    Duas mulheres foram detidas, em flagrante, ao tentar entrar com dois celulares, escondidos dentro de uma televisão, na tarde desta quarta-feira (05/12), na Unidade Prisional de Planaltina de Goiás.

    Gisleide Maria Conceição, de 35 anos e Dayane da Conceição Silva, 22, iriam entregar os aparelhos para o preso Jean Carlos Santana da Conceição. Os celulares foram identificados após a televisão de 24 polegadas passar pelo aparelho de raio-x.

    Em depoimento, Gisleide e Daylane afirmaram que realizaram apenas um favor. Ambas responderão por crime contra administração pública e favorecimento real à entrada de aparelho de comunicação móvel em estabelecimento prisional.

    Cachoeira Alta

    No último sábado (01/12) foi realizado em Cachoeira Alta, na região sudoeste do estado, o segundo Mutirão de Voluntários, que visa construir casas populares para beneficiários do programa Cheque Moradia.

    A Unidade Prisional de Cachoeira Alta contribuiu com a iniciativa ofertando mão de obra de cinco pedreiros e auxiliares, que ajudaram na construção das moradias.