• Publicado em

    Jataí, Catalão e Rio Verde serão as próximas cidades a receber o Passe Livre Estudantil

    Passe Livre Estudantil ultrapassa marca dos 100 mil estudantes atendidos

    O programa do Passe Livre Estudantil (PLE) da Secretaria Estadual de Governo (Segov), que garante duas passagens gratuitas a alunos de escolas públicas e privadas, fechou 2017 com um total de 102.218 estudantes beneficiados em Goiás. O volume de recursos investidos no ano ultrapassou os R$ 38 milhões.

    Em 2017, o programa foi pioneiramente ampliado para o interior do Estado, chegando para a comunidade escolar de Anápolis no mês de outubro, em benefícios de 8.407 estudantes inscritos. Já na região metropolitana de Goiânia, onde o programa teve início em agosto de 2013, 92.790 alunos estão no cadastro atualmente. Daquela data até então, o Governo de Goiás investiu R$ 159 milhões no Passe Livre Estudantil.

    Os beneficiados que necessitem de extensão de mais viagens, cuja necessidade está prevista no decreto que instituiu o PLE, bastam acessar o site da Superintendência da Juventude (http://www.juventude.go.gov.br) e realizar os procedimentos. Desde que a solicitação esteja de acordo com as normas do programa, o aluno será contemplado com as demais viagens.

    O passe livre é uma ferramenta de política pública para a juventude, desenvolvida pelo Governo de Goiás, o primeiro Estado do Brasil a fornecer transporte público gratuito para os estudantes. O PLE é administrado pela Superintendência da Juventude do Estado de Goiás, órgão vinculado à Segov.

    As próximas cidades a receber o Passe Livre Estudantil serão Rio Verde (que já conta com 1.021 estudantes cadastrados), Jataí e Catalão.

    O repasse das viagens acontece todos os meses, no 10º dia útil.

    O programa

    Atualmente, o Passe Livre Estudantil é um dos principais programas sociais do governo de Goiás, proporcionando economia para os estudantes e incentivando a sua permanência no ambiente escolar, reduzindo os índices de evasão escolar.

    Passe Livre Estudantil é uma conquista não apenas dos estudantes, mas de toda a sociedade civil, porque o valor que os alunos gastavam com transporte poderá ser investido agora em outras áreas.

    “É um projeto extremamente benéfico e inovador, que demonstra a preocupação do Governo de Goiás com o desenvolvimento da sociedade e principalmente com as questões relacionadas à juventude”, entende o secretário de Governo, Tayrone Di Martino.

    Comunicação Segov