• Publicado em

    Jataí (GO): PTC lança Luciano de Lima como pré-candidato a deputado federal

    Vejas as possíveis rasões do partido para lançar um candidato na região.

    Como foi divulgado pelo jornalista Gideone Rosa no Jataí News, o Partido Trabalhista Cristão (PTC) acaba de oficializar uma pré-candidatura própria a deputado federal em Jataí (GO). Trata-se do suplente de vereador Luciano Lima.

    O partido em jataí acredita que Luciano tem chances reais de ser eleito, tendo em vista o planejamento formulado pela direção regional da sua agremiação partidária.

    O ex-vereador de Jataí Carlone Assis explicou nas redes sociais a visão que o presidente do PTC tem para as eleições de 2018 veja abaixo.

    Na Rede Carlone Assis explica:

    Carlone Assis

    Quando vi a nota falando sobre a candidatura do senhor Luciano de Lima a Deputado Federal, fiquei “curioso” em saber quais os motivos que estariam os dirigentes do seu partido imbuídos nesta proposta, tendo em vista que em Jataí, caso se concretize a candidatura do Ex-Prefeito Humberto Machado a Deputado Federal, evidentemente, devido o seu trabalho já realizado por Jataí, aliada a sua postura politica divorciada com as que estamos vendo e assistindo pelos noticiários, encontrará o nobre e jovem candidato Luciano dificuldades para sua eleição.

    Entretanto, procurei informar-me junto a um dirigente estadual do PTC, onde mantivemos um bom relacionamento político no passado, o qual me informou que o seu partido PTC, juntamente com outras seis agremiações partidárias, irão apresentar para 2018 a Deputado Federal, uma coligação composta por 51 (cinquenta e um) candidatos, número máximo permitido, com o objetivo de eleger um deputado federal.

    Segundo este partidário, o coeficiente eleitoral nas últimas eleições em Goiás, foi de aproximadamente 205.000 votos. Caso assim permaneça, tendo em vista que não haverá aumento dos votantes, pois a população deverá apresentar um índice de abstenções ainda maior nas eleições de 2018, tendo em vista tudo que ocorreu nos últimos anos na política nacional, a futura coligação para atingir seu objetivo terá que ter em média, a quantia de 4.000 mil votos por candidato. Se essa situação se concretizar é provável que um deputado Federal possa ser eleito entre 10.000 a 15.000 votos. Esses são os números que o partido trabalha.

    Portanto, caso toda essa “matemática” venha a se consolidar, evidentemente que o senhor Luciano poderá sim, ter chances de ser eleito, como também o Ex-Prefeito Humberto Machado, que possui grande referência eleitoral em todo o sudoeste goiano, além da admiração das lideranças do PMDB em todo o Estado.
    Vamos aguardar.


  • Participe do debate em nosso grupo no Facebook