• Publicado em

    Jataí registra preço mais alto do combustível no estado

    De acordo com o Sindiposto, as distribuidoras aumentaram o valor em agosto, mas só nesta semana fizeram o repasse ao consumidor

    De acordo matéria publicada pelo Portal Mais Goiás, o preço dos combustíveis teve alta essa semana em Goiânia. Nesta terça-feira (11), o valor da gasolina comum chegou à R$ 4,97 e do etanol à R$ 3,09, segundo dados da Secretaria da Fazenda do Estado de Goiás (Sefaz-GO).

    De acordo com Márcio Andrade, presidente do Sindicato do Comércio Varejistas de Derivados de Petróleo no Estado de Goiás (Sindiposto-GO), as distribuidoras aumentaram o valor do combustível em meados de agosto. Entretanto, os postos começaram a repassar esse aumento ao consumidor apenas nesta semana.

    “Para os postos, o aumento já aconteceu há cerca de um mês, mas os empresários que decidem quando vão repassar esse aumento para o consumidor”, explicou.

    Márcio disse ainda que o aumento para os empresários foi de R$ 0,26 para a gasolina e R$ 0,21 para o etanol. O presidente recomenda que os consumidores pesquisem os preços antes de abastecer. “Nem todos os postos repassaram o aumento, então os preços estão bem diferentes”, explicou.

    Levantamento

    Segundo levantamento feito pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), na primeira semana de setembro a gasolina chegou a R$ 4,79 em Goiânia. Já o etanol chegou a R$ 2,95 na capital.

    Em Goiás, na semana passada os preço mais altos foram encontrados no município de Jataí. Enquanto a gasolina custava R$ 5,15, o etanol estava no valor de R$ 3,09. No ranking dos maiores preços, depois da mencionada cidade, estão Caldas Novas e Rio Verde.

    (Dados: ANP)

     

    (Dados: ANP)

    Aplicativo

    Para os consumidores que desejam pesquisar o preço do combustível antes de abastecer, o Ministério Público de Goiás (MP-GO) anunciou nesta terça que o aplicativo Olho na Bomba será lançado no próximo dia 25. Com o aplicativo, o usuário poderá se localizar em um mapa GPS e identificar postos de combustíveis e seus respectivos preços.

    Ainda, com o app, o consumidor poderá traçar rotas para qualquer destino do Estado de Goiás e receber informações sobre os postos existentes no caminho, com destaque aos preços mais baixos e mais altos. O download será gratuito e estará disponível para os sistemas iOS e Android. A plataforma foi desenvolvida em parceria com a Universidade Federal de Goiás (UFG).

    Porém, enquanto o aplicativo não é lançado, o consumidor pode pesquisar os preços no site da Sefaz. De acordo com o presidente do Sindiposto, os valores são atualizados diariamente com o menor e o maior valor encontrado em cada posto por meio da Nota Fiscal do Consumidor (NFC-e).