• Publicado em

    Jogador é assaltado, vai prestar queixa e é assassinado no RJ

    O zagueiro Paulo Alex, de apenas 20 anos, chegou a defender o Madureira

    zagueiro Paulo Alex, de 20 anos, foi assassinado na madrugada deste domingo (3) no município de Queimados, na Baixada Fluminense, região metropolitana do Rio de Janeiro. O atleta, que fez base no Artsul e passou por clubes como Madureira (RJ) e Riograndense (RS), foi executado a tiros após sofrer um assalto. O detalhe é que o crime aconteceu quando ele estava a caminho de uma delegacia para prestar queixa do roubo.

    Compartilhe esta matéria e concorra a R$ 500 reais. (clique aqui e veja as regras)

    Segundo o Globoesporte.com, quatro homens armados renderam e levaram o carro e alguns pertences de Paulo Alex. À frente do caso, a Polícia Civil do Rio de Janeiro diz que o jogador seguia para a DP a pé quando o mesmo bando que o roubou passou no local atirando contra ele. Outras duas pessoas ficaram feridas e estão em estado grave. Uma das vítimas é amigo do zagueiro, que morreu na hora.

    A Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense ainda investiga o crime.