• Publicado em

    Jovem morre após ser baleada em tentativa de roubo de caminhonete em Goiás

    Os bandidos atiraram no carro e os tiros atingiram duas mulheres que estavam no banco de trás. Uma morreu
    COMPARTILHE
    Segundo informações do Correio Braziliense, uma família foi vítima de latrocínio, roubo seguido de morte, no início da noite de sábado (4/3) em uma rua na área rural de Luziânia (GO). Moradores do Gama, eles voltavam de Corumbá IV, onde passaram o sábado. Na estrada, foram abordados por dois homens armados com um facão e uma espingarda. O motorista do veículo se assustou e acelerou. Os bandidos feriram um passageiro com uma facada e, durante a fuga da família, atiram no carro, atingindo duas mulheres. Uma das vítimas morreu. Quatro pessoas estavam na caminhonete.
    A dupla planejou o crime colocando galhos e madeiras na estrada para dificultar a passagem dos veículo. Sem conseguir passar, o passageiro da frente do carro da família desceu para retirar os entulhos da estrada, quando os criminosos, encapuzados, anunciaram o assalto. O homem armado com facão atingiu as costas da vítima que estava fora do veículo. Ele entrou rapidamente no carro e o motorista, assustado, acelerou. Os dois bandidos atiraram contra a caminhonete, atingindo duas passageiras, de 15 e 25 anos, que estavam no banco de trás.
    Os bandidos atiraram no carro da família e atingiram duas mulheres As vítimas foram socorridas e levadas para o Hospital Santa Luzia, em Luziânia, por volta de 5 horas da manhã. Yasmin Luciene, 25 anos, baleada no pesçoco, não resistiu aos ferimentos e chegou morta à unidade de saúde. Atingida no rosto, Jhenyfer Machado, 15 anos, precisou ser encaminhada para o Hospital de Base, onde permanece internada em observação, segundo o irmão de Yasmin e tio de Jhenifer, Wellington Rodrigues, bombeiros militar, 38 anos. O homem atingido pela facada foi levado para o Hospital Regional do Gama, medicado e recebeu alta.
    “Minha mãe e pai já sabem da morte da minha irmã e lamentamos muito. A minha sobrinha até o momento não teve nada. Está estável, em observação. Mas ainda corre risco porque tem estilhaços no cérebro dela”, relatou Wellington. O enterro de Yasmin será na segunda-feira (6/3), no Cemitério do Gama.
    De acordo com a Polícia Civil de Goiás, para fugir do local, a dupla roubou outro carro que passava no local, próximo ao Setor Fumal. No entanto, eles perderam o controle do carro, acabaram batendo e, por fim, abandonaram o local. A polícia chegou e os moradores na região informaram onde os bandidos estavam. O choque realizou um cerco na casa. Eles estavam escondidos no telhado da residência.
    À polícia, os dois confessaram o crime. Na casa onde estavam escondidos, foram encontradas as roupas e a arma utilizada no crime, uma espingarda calíbre 20.  As vítimas reconheceram os homens. Eles foram presos em flagrante, ainda na noite de sábado. César Moreira da Silva e Jefferson Tavares de Souza estão no Centro de Inserção Social (CIS) de Luziânia responderão por latrocínio.
     


    Repercussão

    Nas redes sociais, o clima é de sofrimento. Parentes e amigos das jovens que foram vítimas do assalto em Corumbá IV se manifestam. As mensagens lamentam a perda de Yasmin, rezam pela recuperação de Jhenifer e pedem que justiça seja feita para os dois bandidos.
  • Participe do debate em nosso grupo no Facebook