• Publicado em

    Mãe de Ludmilla desmascara cabeleireira que a chamou de “marrenta”

    Entre os comentários, vários elogios à atitude de Silvana. “Você arrasou, com sua simplicidade fez o certo! Parabéns!”, disse uma seguidora. Outra, se mostrou surpresa com a atitude. “Que tapa na cara sem o uso das mãos… A filha a gente sabe que arrasa, agora a mãe é uma novidade”.

    Ludmilla tem a quem puxar quando o assunto é mostrar que não aceita falta de respeito.

    A mãe da cantora, Silvana Oliveira, postou um vídeo em seu Facebook no qual desmascara uma cabeleireira que a chamou de “marrenta” e disse que ela se achava melhor que os outros por ter dinheiro.

    “A mãe da Ludmilla veio aqui no salão fazer o cabelo. Tem implante até na sobrancelha. Que mulher marrenta, senhor. Se achando a Beyoncé. Avisa ela que famosa é só a filha! As pessoas acham que porque têm dinheiro são melhores que os outros, né? Puts…”, escreveu a cabeleireira, na mesma rede social.

    Silvana, então, não deixou barato. Voltou até o salão de beleza e confrontou a mulher sobre o que ela havia escrito. “Eu queria saber qual foi o dia em que eu destratei alguém aqui. Que eu me desfiz de alguém aqui”, questiona. Ao perguntar para a profissional que fez a postagem o porquê de ter escrito aquilo, recebeu uma resposta pouco esperada.

    “Na verdade, eu nem tinha visto seu rosto. Eu botei de palhaçada”, diz a mulher, constrangida. Silvana Oliveira diz que o vídeo vai ser colocado na internet para que as pessoas julguem quem está certa e quem está errada — as imagens não mostram o rosto da funcionária do salão. “Isso aqui, para mim, é gostar de expor as pessoas ao ridículo”, continua a mãe da funkeira.

    Entre os comentários, vários elogios à atitude de Silvana. “Você arrasou, com sua simplicidade fez o certo! Parabéns!”, disse uma seguidora. Outra, se mostrou surpresa com a atitude. “Que tapa na cara sem o uso das mãos… A filha a gente sabe que arrasa, agora a mãe é uma novidade”.



    Via/Metrópoles
  • Participe do debate em nosso grupo no Facebook