• Publicado em

    Marconi Perillo oficializa candidatura à presidência do PSDB

    Perillo é mais próximo do grupo do senador Aécio Neves (PSDB), que vinha defendendo o apoio do partido ao governo de Michel Temer

    O governador de Goiás, Marconi Perillo, reuniu-se na tarde desta 4ª feira (1º.nov.2017) com o presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), para se apresentar como candidato à presidência do PSDB. Perillo e Tasso são de alas opostas dentro do partido.

    Perillo é mais próximo do grupo do senador Aécio Neves (PSDB), que vinha defendendo o apoio do partido ao governo de Michel Temer. Mas o governador de Goiás tentou se distanciar dessa vinculação e disse apoiar a saída do partido do governo. “O PSDB pode tranquilamente apoiar as reformas e as medidas importantes para o Brasil sem necessariamente estar no governo”, afirmou.

    “O PSDB ajudou no impeachment, não se furtou a colaborar num 1º momento, mas chega a hora que vamos nos dedicar a eleição”, disse. Perillo afirmou que a saída dos ministros tucanos de pastas da Esplanada acontecerá “de forma natural” no final do ano.

    TASSO AGUARDA

    O senador cearense não afirmou se será ou não candidato ao comando do partido. Disse não descartar a possibilidade, porque pode receber o pedido dos setores próximos a ele no PSDB. Tasso é apoiado pela ala jovem dos deputados da Câmara, que é contra a permanência do PSDB na base de apoio do governo no Planalto.

    Nas últimas semanas Tasso vem buscando o apoio majoritário do partido para então se lançar como candidato. Conversou com o governador Geraldo Alckmin e com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

     Via Poder 360



  • Participe do debate em nosso grupo no Facebook