• Publicado em

    Médica que fazia parte do ‘bando da degola’ é presa

    Ela foi condenada em 2015 a 46 anos de prisão

    polícia prendeu em Diadema, na Grande São Paulo, a médica Gabriela Corrêa Ferreira da Costa, condenada por participar de assassinatos cometidos pelo “bando da degola”, em 2010, em Minas Gerais. A prisão ocorreu nesta terça-feira (10). Gabriela foi condenada a 46 anos e seis meses por formação de quadrilha, extorsão, cárcere privado, homicídio triplamente qualificado e destruição e ocultação de cadáver.

    De acordo com o G1, a Polícia Militar de São Paulo recebeu uma denúncia anônima e efetuou a prisão.

    Gabriele foi condenada em 2015 e admitiu saber dos sequestros das vítimas pelo bando, mas negou ter participado dos homicídios.

    A médica respondia em liberdade, mas em junho deste ano, a Justiça de Minas determinou que ela cumprisse a pena em regime fechado.