• Publicado em

    Mulher é morta pelo ex-marido dentro de viatura da PM

    Assassinato acontece enquanto ambos eram transportados lado a lado para a delegacia
    COMPARTILHE

    Laís Andrade, de 30 anos, foi esfaqueada na noite deste sábado (7) dentro de uma viatura de polícia da delegacia de Pavão, em Minas Gerais, logo após fazer uma denúncia contra o ex-companheiro.

    A jovem notou que o homem tinha instalado uma câmera em seu banheiro e, com medo das imagens dela e do filho de 8 anos serem divulgadas, resolveu fazer uma denúncia à polícia.

    Como era final de semana, Laís e o ex-companheiro foram conduzidos no banco de trás da mesma viatura para uma delegacia em Teófilo Otoni, a 100 km de Pavão.

    O delegado da Polícia Civil de Teófilo Otoni, Eduardo Gil, informou ao “UOL” que o homem teria pedido para buscar um documento em casa antes de entrar na viatura e os policiais permitiram. Foi neste momento que ele pegou uma faca e escondeu no tênis.

    Quando estavam chegando ao destino, o acusado atingiu Laís no pescoço com a faca e tentou se matar em seguida. Ela morreu no local, mas ele sobreviveu e foi preso.

    O delegado informou que será aberto um inquérito para investigar o procedimento policial. Otoni explica que os dois deveriam ser transportados em compartimentos separados da viatura ou o acusado deveria estar algemado.



    Via Noticias ao Minuto
  • Participe do debate em nosso grupo no Facebook