• Publicado em

    Mulher mata funcionária após descobrir caso extraconjugal de seu marido, em Catalão

    Vítima foi morta no último dia 31, na cozinha do restaurante que trabalhava como freelancer para a autora, com um tiro na cabeça

    Uma mulher de 38 anos se apresentou à Polícia Civil na tarde desta terça-feira (04) e confessou o assassinato de Ana Vitória Pereira, de 19 anos. A motivação do crime seria a descoberta de um caso extraconjugal da vítima com o seu marido.

    Segundo a delegada à frente do caso, Alessandra Castro, o crime aconteceu no último sábado (31/03), no restaurante que mulher era proprietária, localizado na GO-210, entre Catalão e Davinópolis. Ana Vitória ajudava no local sempre que a autora precisava. Testemunhas relataram que a mulher tratava muito bem a vítima.

    Delegada Alessandra Maria de Castro falou sobre o caso (Foto: Rodrigo Oliveira/Portal Catalão)

    “Eles [testemunhas] relatam que a autora ajudava demais a vítima e sempre tratava bem a garota. Estava até auxiliando a mesma a realizar um chá de casa nova”, destacou a delegada.

    No dia do crime, segundo Alessandra, a autora declarou que, após descobrir o caso, ligou para Ana Vitória e pediu ajuda no restaurante. A mulher também contou que, na cozinha do estabelecimento, teria confrontado a vítima, que confirmou o envolvimento amoroso com o marido dela.

    “Ela alega que a vítima teria a ofendido com palavras de baixo calão. Após isso, ficou nervosa e pegou o revólver calibre 38 do marido, que estava no local, e alvejou a moça na cabeça, que morreu na hora”, descreveu Alessandra.

    A mulher se escondeu logo após o crime e depois procurou a polícia. De acordo com a delegada, a autora vai responder em liberdade até a conclusão do inquérito pelo fato de ela ter se apresentado espontaneamente, mostrado a arma do crime e estar colaborando nas investigações. “Temos 30 dias para finalizar e mandar para o Judiciário que, posteriormente, dará a prisão dela”, explica. Fonte/Mais Goiás