• Publicado em

    Mulher morre em acidente num elevador de hospital depois de dar à luz

    COMPARTILHE

    Num incidente estranho, uma mulher foi cortada ao meio por um elevador no hospital Valme, em Sevilha. Segundo o o jornal Metro, Rocio Cortes Nuñez tinha acabado de dar à luz uma menina, o seu terceiro filho, e estava a ser levada numa maca de volta para o seu quarto por um dos auxiliares daquela unidade hospitalar. Encontravam-se no segundo piso do hospital e iriam subir para o terceiro.

    No entanto, as portas do elevador não estavam a funcionar bem. Tinham aberto e fechado duas vezes sem que o elevador sem que o elevador tivesse saído do mesmo sítio. O auxiliar tentou levar Rocio para outro elevador. Quando estava a tirá-la do elevador que não estava a funcionar, este inesperadamente começou a subir e o auxiliar não conseguiu puxar a maca de Rocio a tempo.

    A cabeça de Rocio acabou por ficar presa entre o segundo e o terceiro piso e a mulher morreu. A bebé que estava consigo escapou ilesa a este trágico incidente.

    O cunhado de Rocio, David Gaspar, pediu que o incidente fosse investigado. “Ainda não conseguimos acreditar no que aconteceu. Algo tem de ser feito. Isto não pode ficar impune”.

     

    Marina Alvarez, responsável regional da Sáude de Sevilha, disse que o incidente foi “rápido, invulgar e trágico”, acrescentando que o elevador tinha sido inspecionado pela última vez no passado dia 12 de agosto.


  • Participe do debate em nosso grupo no Facebook