• Publicado em

    Mulher morta por enforcamento e sua filha decapitada é encontrada dentro de uma residência em Goiânia

    Os bombeiros encontraram uma verdadeira cena de terror na residência. Existe a suspeita de homicídio seguido de suicídio.
    COMPARTILHE

    Segundo informações do jornal A Redação, uma mulher de aproximadamente 35 anos e uma criança, de apenas 1 ano e meio de idade, foram encontradas mortas na manhã desta terça-feira (7/2), dentro de uma casa no Setor Vera Cruz II, em Goiânia. De acordo com o Corpo de Bombeiros, houve um incêndio no local.

    A corporação controlou as chamas pouco tempo depois de chegar à residência. Segundo o tenente Roberto Menezes, o fogo estava concentrado em um quarto e a criança foi encontrada carbonizada. A cabeça da bebê estava cerca de 40 centímetros distante do corpo, o que indica que ela tenha sido decapitada.

    Já a mulher, identificada como Eliete Carrilho Santiago, estava no fundo da residência com fraldas amarradas em volta do pescoço. O Corpo de Bombeiros diz que ela morreu por enforcamento.

    Vizinhos disseram à reportagem do jornal A Redação que Eliete estava sofrendo de depressão. Além dela e da criança que morreu, um menino de sete anos também morava na residência. Ele estaria com o pai no momento da tragédia.

    O caso deve ser investigado pela Polícia Civil. O Instituto Médico Legal (IML) esteve no local para a remoção dos corpos. Escrito por Mônica Parreira e Rafaela Bernardes/Com adaptações

  • Participe do debate em nosso grupo no Facebook