• Publicado em

    Mulher tenta fazer sexo oral em menino de 10 anos

    De acordo com menino, mulher tentou, durante cinco meses, fazer sexo oral com ele.
    COMPARTILHE

    Segundo informações da coluna é Manchete do BN, uma mulher foi presa nos Estados Unidos acusada de tentar fazer sexo oral em menino de dez anos. De acordo com a própria vítima, a acusada tentou, durante cinco meses, convencê-lo a fazer sexo oral com ele. Ela passava a mão em seu corpo na tentativa de deixá-lo excitado, mas o que conseguiu mesmo foi deixar o menino traumatizado. O pai, percebendo o trauma, decidiu levar o filho para a polícia. A acusada é Stormy Ledbetter, de 30 anos. Ela usa recursos de edição de imagens para aparentar ser mais jovem nas redes sociais. O caso aconteceu no estado de Oklahoma e está deixando muita gente chocada.

    A tentativa de estupro do garoto aconteceu na casa da família dele. Stormy era uma espécie de amiga da família, alguém que nunca levantou qualquer suspeita. As informações são do site da emissora de TV NewsChannel4, de Oklahoma. Stormy, que tem apelido online de “Punk Barbie”. O apelido também era uma forma da mulher mais velha se passar por uma adolescente juvenil e assim atrair mais garotos menores. O que a polícia agora quer saber é se ela já tentou ou abusou de outros garotos. O menino, vítima do trauma, e os nomes de seus pais não foram relevados. A acusada também tem um filho, que não teve nome e idade reveladas.

    De acordo com o portal de notícias R7, que repercutiu o caso no Brasil, a mulher está presa na própria região onde o #Crime teria acontecido. Ela até pode sair da cadeia e aguardar o julgamento em liberdade, mas, para isso, teria que pagar uma fiança extremamente alta, estipulada em incríveis R$ 450 mil. Ela é acusada de sodomia, atos obscenos e abusos sexuais. As penas no estado, caso somadas em seu tempo máximo, chegariam a 40 anos de reclusão, suficiente para a criminosa deixar a prisão já idosa.

    A polícia passou a investigar Stormy após o depoimento do pai e do próprio garoto. Em seguida, a polícia colheu depoimentos de testemunhas e, na quinta, 16, os investigadores conseguiram um mandado de prisão. Na sua opinião, que tipo de pena merece uma mulher como essa? Comente!