• Publicado em

    Nome da Globo capota carro e é alvo de crime surpreendente

    Enquanto aguardava socorro, repórter Diogo Marques acabou sendo furtado.
    Infelizmente, muitas pessoas mal intencionadas estão em todo o mundo para atrapalhar a vida dos outros. Ultimamente, alguns nomes da Globo estão passando por verdadeiros perrengues. O jornalista Victor Barros, por exemplo, acabou sendo vítima de um atentado na cidade de Turim, na Itália.

    O ataque aconteceu o dia 3, após o show da cantora Ariana Grande. Outro nome também passou por uma situação difícil, mas aqui no Brasil mesmo. O jornalista Diogo Marques, que trabalha como repórter na Globo Nordeste e também presta serviço para o SporTV, acabou sofrendo um grave acidente de carro.

    Jornalista Diogo Marques sofre acidente automobilístico e é roubado enquanto esperava socorro

    De acordo com informações do site RD1 Audiência, o jornalista acabou capotando o carro na quarta-feira (7).

    Tudo aconteceu em um cruzamento da cidade de Recife, no Estado de Pernambuco. Após capotar o carro, o Marques ficou preso no cinto de segurança e, por isso, necessitou da ajuda de outro homem para sair do veículo.

    Uma outra pessoa também estaria envolvida no acidente, mas foi essencial para salvar a vida de Diogo. O repórter somente não esperava era ver o quão cruel pode ser o ser humano, mesmo diante de uma situação limite para a vida alheia. Ele descobriu mais sobre a humanidade de algumas pessoas da pior maneira possível.

    Populares tentaram furtar carro e celular de repórter acabou sendo levado; ele passa bem

    O homem teve que prestar toda ajuda para que Digo Marques saísse do carro e, em seguida, ainda afastar ladrões. Isso mesmo, pois na região onde o acidente aconteceu, existiam muitas pessoas mal intencionadas, que estavam mais preocupadas em furtar os pertences do carro do repórter, do que prestar qualquer socorro a ele.

    O objetivo era furtar tudo o que estava no veículo. Mesmo com a ajuda do homem para se safar dessa, o jornalista acabou tendo o seu celular furtado, mostrando que crimes podem ser cometidos até em situações como essa.

    Em seguida, Marques foi encaminhado a um hospital da região para a realização de uma tomografia computadorizada. O objetivo foi saber se a bancada do capotamento não teria caudado alguma hemorragia interna.

    O jornalista, felizmente, não teve nenhuma grande lesão, como um traumatismo craniano, por exemplo. O repórter já liberado e passa bem. Tudo não passou de um susto e um aprendizado na vida, a fim de ter ainda mais cuidado na hora de dirigir.




    Via/É Manchet Blasting News
  • Participe do debate em nosso grupo no Facebook