• Publicado em

    O desaparecimento de um jovem que esta intrigando o Brasil e o mundo

    Jovem some e deixa livros criptografados em seu quarto. O caso também esta sendo divulgado em vários orgãos de imprensa internacional.

    Essa semana, a família do jovem Bruno Borges, de 24 anos, resolveu compartilhar o drama vivido por eles após o sumiço do rapaz. Ele está desaparecido desde o dia 27 de março, quando foi deixado pelo pai na esquina de casa e não voltou mais para a residência. Não é somente o sumiço do jovem que trouxe angústia para família, antes de desaparecer ele teria deixado várias mensagens escritas à mão em seu próprio quarto. Mas não são frases comuns, ele fez uma espécie de projeto e tudo está escrito de maneira criptografada. O jovem, que gosta muito de estudar filosofia, teria se aproveitado da ausência dos pais que ficaram de férias por cerca de vinte e cinco dias, para concluir o seu ‘estudo’. Antes que a mãe viajasse, ele teria pedido a ela cerca de 20 mil reais em dinheiro para poder terminar um trabalho que estava realizando. Diante da recusa do jovem em dizer em que estaria investindo a mãe do mesmo não teria dado a quantia, que foi concedida por um primo. Mal sabiam os familiares que o valor era para comprar uma estátua de Giordano Bruno estudioso italiano do século XVII que foi queimado pela inquisição romana. Assim que os pais saíram de férias, o jovem começou as modificações em seu quarto e foram muitas. Ele retirou a cama, e todos os móveis e roupas do local, e no centro do quarto, instalou a estátua do filósofo.

    Além disso, ele escreveu linha por linha, por todo o pavimento do quarto, e em todas as paredes. São escritos pequenos e enfileirados, e impressionam pela precisão com que foram feitos. No entanto, nada pode ser lido sem a chave da criptografia deixada por ele. Tudo deverá ser traduzido para o português para que faça sentido. Além das frases, ele deixou ao todo quatorze volumes de livros escritos também à mão, na qual explica a sua teoria à humanidade. Segundo pai de Bruno, ele teve certeza de que o filho tinha sumido quando se deparou com as mudanças deixadas por ele. A irmã mais velha que estava em casa, relatou, em entrevista que achou estranho que o jovem ficasse trancado o tempo inteiro no quarto, mas que resolveu prezar por sua privacidade. Apesar do estranhamento inicial, a família reconhece que Bruno tem uma mente brilhante, e pede para que ele volte, para explicar todas as suas idéias. A Polícia Civil agora investiga o desaparecimento do jovem, para dar uma resposta aos pais. Segundo informou o pai, não existe relato médico de qualquer transtorno psiquiátrico sofrido pelo jovem, pelo contrário ele teria uma inteligência invejável. Fonte/ Dá Para Acreditar/BN

    #investigação



  • Participe do debate em nosso grupo no Facebook