• Publicado em

    Paralisação de caminhoneiros veja as rodovias de Goiás que seguem bloqueadas

    No trevo de Jataí na BR 364, km 193, a cerca 100 manifestantes.

    Caminhoneiros paralisam algumas rodovias pelo País nesta segunda-feira, 21, em razão do aumento nos preços do diesel. A categoria já havia prometido a paralisação na semana passada se não fossem atendidas uma série de reivindicações apresentadas ao governo federal.

    Segundo a Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), que reúne 700 mil caminhoneiros autônomos, nesta manhã já foram contabilizadas 28 manifestações em 11 Estados, com maior incidência na Bahia, com cinco, e em Minas Gerais, com sete.

    Interdições nas BRs de Goiás (na circunscrição da PRF – GO):

    – Trevo de Caiapônia, BR 158, km 157, 50 manifestantes, fila de 4 km para cada lado;
    – Itumbiara, BR 153, km 699, 40 manifestantes, fila de 3 km;
    – Catalão, BR 050, km 278, 282 e 273 (três locais diferentes), 70 manifestantes;
    – Trevo de Mineiros, BR 364, km 300, 20 manifestantes;
    – Trevo de Jataí, BR 364, km 193, 100 manifestantes;
    – Trevo de Bom Jesus de Goiás, BR 452, km 135, 50 manifestantes;
    – Goiânia, BR 060, km 136, acabaram de fechara agora, PRF se deslocando.

    A PRF está no local garantindo segurança e evitando acidentes. Veículos de passeio, ônibus e cargas perecíveis estão passando normalmente. Caminhões estão sendo parados por manifestantes. Por enquanto não foi registrado ato violento, mas muitos caminhoneiros têm ligado na central devido ao fato de não quererem parar na manifestação.

    Existem também manifestações em Luziânia, Cristalina e Formosa, mas estão na circunscrição da PRF de Bsb.

    Repórter Mari JTI