• Publicado em

    PC prende segundo suspeito do homicídio que corpo foi jogado em cisterna de Rio Verde

    Um Policia Militar já foi preso acusado de participação no crime.

    De acordo informações divulgadas a data de hoje (14/02), a Polícia Civil, através do Grupo de Investigação de Homicídios de Rio Verde, deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva em desfavor de Kelson Coelho Caetano Santos, suspeito de ter envolvimento no crime de homicídio ocorrido no dia 04 de fevereiro de 2019, no Bairro Dom Miguel, nesta cidade, tendo como vítima Glendhon da Silva Alves, qual foi encontrado morto dentro de uma cisterna.

    Com o Mandado de Prisão em mãos, agentes da Polícia Civil, lotados no Grupo de Investigação de Homicídios de Rio Verde, deslocaram até o município de Montividiu, sabendo que o investigado se encontraria escondido naquele município, abrigado em casa de parentes.

    Leia também:  Polícia Militar se manifesta em nota sobre assassinato cometido por policial de Rio Verde

    Durante levantamentos no local, com informações prestadas pelo Sargento Souza, lotado na 2ª CIA de Polícia Militar de Montividiu, foi possível a obtenção do endereço de uma propriedade rural onde possivelmente o suspeito estaria escondido.

    De posse dessas informações a equipe de agentes do Grupo de Investigação de Homicídios de Rio Verde se deslocou até a propriedade rural onde o suspeito foi localizado, sendo dada voz de prisão e realizada a sua condução para o município de Rio Verde.

    As investigações sobre o referido caso ainda não se encerraram, sendo necessárias algumas  diligências complementares para a conclusão do caso.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.