• Publicado em

    Polêmica de bonecas com pênis distribuídas em Goiás, repercute em todo país

    As bonecas, que estão com vestido e têm pênis, foram distribuídas em cidades de Goiás pelo governo estadual. Câmara de Vereadores de Jataí pediu a proibição dos brinquedos, que dividiram a opinião dos pais

    Bonecas distribuídas pelo Governo de Goiás provocaram reclamações e debates nas redes sociais. Algumas, entregues durante esta semana, em diversas cidades do estado, têm roupas femininas, mas órgão genital masculino. Por conta disso, vereadores do município de Jataí (GO) enviaram um oficio à Prefeitura pedindo que a distribuição da boneca fosse proibida.

    A boneca com pênis causou polêmica e dividiu opiniões também nas redes sociais. Alguns pais postaram fotos dos brinquedos e criticaram a medida, dizendo que seus filhos receberam “bonecas transgênero”. Outros apoiaram, alegando que os brinquedos ajudam a ensinar sobre diversidade.

    Em um vídeo publicado nas redes sociais, um pai, morador do Novo Gama (GO), mostra uma boneca vestida com blusa rosa e amarela, com uma faixa na cabeça e o órgão genital masculino (assista abaixo). “Você abre a boneca e tem batom, o nome da boneca está aqui, é menina, está de batom, mas aí, você vai tirar a roupa da boneca para dar para seu filho, sua filha, brincar. E olha só, tem cabimento um negócio desses?”, diz o homem enquanto mostra a peça.

    O fato de algumas bonecas terem ânus também levantou discussão entre os pais. “Isso é patético. Para que esse trem aí se ela não vai defecar?”, questionou uma mulher. O vídeo do pai mostrando a boneca no Facebook teve mais de 1,8 milhão de visualizações e 1,4 mil compartilhamentos em apenas dois dias.

    Apesar das críticas, alguns defenderam a distribuição dos presentes como uma forma de ensinar crianças sobre identidade de gênero e diversidade. “As bonecas são uma réplica do corpo humano. Se o corpo tem, por que a boneca não pode ter? Pais, aproveitem a deixa para orientar seus filhos sobre o próprio corpo. Tratar a sexualidade como tabu só traz sofrimento pras pessoas”, escreveu uma internauta.

    Bonecas foram para 246 municípios

    Ao todo, 12 mil brinquedos foram distribuídos em 246 municípios goianos, como parte de um evento chamado Show de Natal, promovido pela Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) em parceria com o governo estadual. A boneca que provocou polêmica representa 15% dos brinquedos distribuídos. Segundo a OVG, também foram entregues carrinhos de Fórmula-1, jogos de dominó, maletas de pintura, brinquedos eletrônicos educativos e bolas de vôlei e futebol.

    O diretor geral da organização, major Augusto, disse que se surpreendeu com a reação dos pais. “A intenção é levar alegria às crianças, reforçar os vínculos e estimular o espírito natalino nas pessoas”, assinalou. No entanto, frisou que a instituição vai receber a devolução dos brinquedos. “Respeitamos a opinião das pessoas. Os pais têm a opção de escolha de outros itens que estão sendo distribuídos em todo o estado”, afirmou.



    Fonte Correio Brasiliense/Com Adaptações
  • Participe do debate em nosso grupo no Facebook