• Publicado em

    Policiais militares apreendem armas de fogo e prendem autor de caça predatória na zona rural de Rio Verde

    COMPARTILHE

    Por volta das 16h desta segunda-feira, dia 10, a equipe de policiamento ambiental da viatura 4681 recebeu denúncia anônima que pessoas estariam praticando caça predatória de animais silvestre na região da serrinha, zona rural do município de Rio Verde-GO. No local denunciado, equipe foi recepcionado por um senhor que autorizou e acompanhou inspeção nas instalações da fazenda, sendo encontrado no quintal, próximo a dois cães de caça, um couro de animal silvestre da espécie caititu, conhecido popularmente por cateto, além de uma cabeça de animal silvestre da espécie capivara.

    Durante a inspeção foram encontradas 02 redes de pesca; 19 cartuchos, sendo: 09 de calibre 44 e 10 de calibre 36; 01 munição intacta de calibre 36; 08 munições intactas de calibre 44; 05 munições intactas de calibre 38; 06 cartuchos recarregados de calibre 36; e 01 espingarda calibre 44 sem marca, sem modelo e sem numeração.

    Questionado sobre a procedência das munições e da arma de fogo, e se possui documento (registro/porte), o senhor não apresentou qualquer documento que pudesse legalizar tal situação. Quanto ao couro de caititu e a cabeça de capivara, ele também não soube dizer nada. Todo o material foi recolhido e levado para a delegacia de polícia de Rio Verde para as providências legais.

    O senhor foi autuado no artigo 12 (posse irregular de arma de fogo de uso permitido) lei n° 10.826/03 – Estatuto de Desarmamento combinado com o artigo 29, III da lei n° 9605/98 (Crimes Ambientais – Crime Contra a Fauna) e artigo 19 da lei estadual n° 15.894/06 (recolhimento de material predatório).

    Fonte: Tenente Marcelo




  • Participe do debate em nosso grupo do Facebook