• Publicado em

    Prouni 2019: inscrições começam hoje (31)

    Mais de 243 mil bolsas estão sendo ofertadas

    Agora é a vez do Prouni, Programa Universidade para Todos. Começam as inscrições do programa que é uma das principais portas de entrada para o ensino superior no Brasil. O prazo segue até o dia 03 de fevereiro, até às 23h59, seguindo o horário de Brasília. A inscrição deve ser realizada no site do programa usando o login cadastrado no Enem 2018.

    Os candidatos pode se escrever em até duas opções de vagas, incluindo a modalidade de concorrência, o local de oferta e o turno desejado. Os estudantes podem se candidatar às bolsas de estudo de 50% ou de 100% em cursos não gratuitos de instituições privadas do país.

    Leia também: Superação: Mãe e filha formam no mesmo ano

     

    Para se inscrever no processo seletivo o estudante não pode ter diploma de curso superior e precisa ter participado do Enem 2018, tendo obtido no mínimo 450 pontos na média das notas do Exame e nota superior a zero na redação. As exigências também mudam dependo da bolsa. No caso das bolsas integrais, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Já para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

    Programa

    Só nesta edição, serão ofertadas mais de 243 mil bolsas – 116.813 integrais e 127.075 parciais – distribuídas em mais de 1.239 mil instituições. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), está é a maior oferta de vagas da história do programa.

    O resultado será divulgado em duas chamadas sucessivas, em 06 e 20 de fevereiro, respectivamente, e poderá ser consultado também nas instituições de ensino. Os bolsistas parciais do Prouni podem adotar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para custear a outra metade da mensalidade. As inscrições para o Fies 2019 estarão abertas de 07 a 14 de fevereiro.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.