• Publicado em

    Queda de avião mata 8 amigas após despedida de solteira em Dubai

    Entre as passageiras estava a Mina Basaran, filha do proprietário do Basaran Holding. Jovem de 28 anos se casaria dentro de um mês

    jato privado turco que caiu no Irã neste domingo (11), matando 11 pessoas (oito passageiros e a tripulação), pertencia à empresa Basaran Holding, gigante do setor energético, de construção e turismo. Entre as passageiras estava a Mina Basaran, filha do proprietário do grupo. As oito amigas viajavam no Bombardier Challenger 604 para comemorar a despedida de solteira da herdeira de 28 anos, cujo casamento estava marcado para o próximo mês.

    O avião particular estava voltando dos Emirados Árabes em direção à Turquia quando ocorreu a tragédia ao longo do trajeto entre Sharjah e Istambul. A aeronove se chocou contra uma montanha após ter pegado fogo, caindo na província de Chahar Mahaal e Bakhtiari, no sudoeste do Irã. As outras três pessoas da tripulação também morreram na hora, segundo autoridades iranianas.

    Conforme relata a Irna, agência de notícias oficial do Irã, o piloto havia pedido para voar em uma altitude mais baixa minutos antes do jato sair dos radares. Via Noticias ao Minuto