• Publicado em

    Quer trabalhar com Educação em Tempo Integral? Saiba como

    A educação em tempo integral faz parte do Plano Nacional de Educação desde o ano de 2014. No Brasil, ao menos 6% das escolas públicas deverão atuar com a educação integral até o ano de 2024, segundo planejamento realizado.

    Ao contrário do que muitos pensam, educação integral e escola em tempo integral são coisas completamente diferentes. A educação de forma integral é uma formação inclusiva que contem diferentes áreas da formação humana, com aspectos intelectuais, cognitivos, emocionais, sociais e culturais.

    Para que esse nível educativo seja alcançado, a permanência do aluno na escola precisa ser ampliada, o que resulta na instalação da escola em tempo integral. Se a sua área de interesse é a educação integral, confirma algumas dicas:

    Equipe em sintonia

    Gestão, coordenação, professores e demais funcionários precisam estar em sintonia para que a implementação da educação integral ocorra de forma harmoniosa. É um trabalho em equipe importante que necessita da atuação de toda a instituição ao longo do processo. A implementação dessa nova abordagem exige união entre os profissionais já que é uma situação nova que nem todos estão acostumados.

    Instalações físicas

    O espaço físico da escola precisa atender as necessidades e demandas dos alunos em relação a educação integral. É importante que a instituição disponha de ambientes para realização das atividades lúdicas e esportivas, banheiros adaptados, refeitório e cozinha, local para hora do sono. Na maioria dos casos, a escola não tem a infraestrutura ideal, mas realiza adaptações.

    Leia também: Educação a distância: vantagens e desafios para quem estuda online 

    Família e escola

    A parceria família e escola não deve ser deixada de lado durante o período da educação em tempo integral. É comum que nesse período, os pais deixem de acompanhar o aprendizado dos filhos, delegando a responsabilidade para a escola. Porém, a família deve continuar envolvida no processo educativo. O envolvimento familiar potencializa o desenvolvimento infantil.

    Qualificação profissional

    A possibilidade de fazer uma pós-graduação em Educação em Tempo Integral já é uma realidade. Adquirir conhecimentos é importante e possibilita que o profissional conheça o modelo de educação integral. Conhecer técnicas e estratégias de atuação no segmento e compreender as diferentes demandas que existem na modalidade formarão um profissional apto para exercer a função.

    A pós-graduação em Educação em Tempo Integral dura, em média, 18 meses. Interessados podem conseguir uma bolsa de estudo e realizar a especialização com descontos nas mensalidades. Basta acessar o site do Educa Mais Brasil, clicar em pós-graduação, informar a cidade e o curso. Clique em ‘Quero esta bolsa’ quando encontrar a opção ideal e realize o cadastro gratuito.

    Agência Educa Mais Brasil

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.