• Publicado em

    Reviravolta: Marido é preso suspeito de matar mulher em suposto assalto em estrada de Goiás

    A Polícia Civil acredita que Horácio é sim, o responsável pelo Homicídio de Vanessa Soares Camargo, motivo pelo qual foi pedido sua prisão, na tentativa de elucidar por completo a motivação e localizar a arma utilizada no crime.
    COMPARTILHE

    De acordo matéria do site Oeste Goiano, a policia civil prendeu no dia hoje, quarta-feira, 6, HORÁCIO ROZENDO DE ARAÚJO NETO, investigado por crime de Homicídio contra sua esposa Vanessa Camargo, ocorrido no dia 31/7/17, na cidade de Iporá.

    A versão dos fatos, em crime de repercussão em toda imprensa goiana, foi cuidadosamente checada pela polícia Civil e investigada na tentativa de esclarecer a veracidade das informações, tendo sido descartado por completo essa possibilidade de que o marido seja inocente.

    Para a Polícia Civil, ele é culpado.

    Vítima: Vanessa Camargo

    Provas testemunhais e periciais corroboram no sentido de que os fatos não ocorreram da maneira narrada por Horácio, e que o mesmo faltou com a verdade desde o início.

    A Polícia Civil acredita que Horácio é sim, o responsável pelo Homicídio de Vanessa Soares Camargo, motivo pelo qual foi pedido sua prisão, na tentativa de elucidar por completo a motivação e localizar a arma utilizada no crime. Por ter diligências a serem feitas, bem como pelo fato da investigação continuar em andamento, a apresentação do caso se dará na próxima semana.

    Quando da ocasião da morte de Vanessa, Horácio afirmou que seguia juntamente com a esposa e seu filho de 1 ano para a cidade de Goiânia, quando por volta de 05h40 teria sido abordado por dois homens em uma moto, tendo um deles apontado uma arma de fogo em direção ao casal.

    Horácio teria parado o veículo e aberto as portas, quando um dos assaltantes teria assumido a direção do veículo e o obrigado a passar para o banco de trás. Ainda segundo Horácio, ao entrarem em uma estrada de chão, Vanessa teria discutido muito com o assaltante e por isso teria sido alvejada no rosto, tendo os assaltantes fugido logo após abandonarem o carro.