• Publicado em

    Será que a DC agora acertou? Trailers de Aquaman e Shazam!

    De acordo matéria do portam Meio Bit, sejamos honestos: o Aquaman é injustiçado. Ele virou alvo de uma campanha de zoação na internet, não escapando das garras de programas como Family Guy e South Park. Em verdade o personagem nos gibis está longe de ser inútil, e teve arcos excelentes, como o escrito por Peter David quando ele perde a mão em uma sequência brutal, devorada por piranhas comandadas pelo vilão.

    owqfo

    main-qimg-ac421106a3df36709f014674333f8e5c-c

    O grande problema é que pra todo mundo que não acompanha o personagem, o Aquaman é somente o que se lembram de ter assistido no desenho dos Superamigos:

    nke4sx1

    A transição do personagem para o mundo live action foi complicada. A primeira tentativa aconteceu em Smallville, e a história é meio confusa.

    Em 2005 Aquaman apareceu em Smallville, interpretado por Alan Ritchson. Em 2006 ele repetiu o papel em outro episódio da série. As duas aparições foram muito bem recebidas, então o canal fez o lógico: encomendou um piloto de uma série do Aquaman, com Justin Hartley no papel principal.

    O piloto não deu certo, Hartley como prêmio de consolação entrou para o elenco fixo de Smallville como Oliver Queen e Alan Ritchson voltou a aparecer em Smallville como Aquaman em 2008 e 2010, provando que um bom cheque compensa qualquer climão.

    Alan Ritchson e seu, err… uniforme.

    Em verdade a interpretação do ex-vencedor do American Idol foi totalmente esquecível, e Aquaman ficou esquecido até alguém ter a excelente idéia de escalar Jason Momoa para o papel.

    Momoa se tornou conhecido do grande público como Kal Drogo, em Game of Thrones mas os fãs de FC já o acompanhavam como o excelente Ronon Dex em Stargate Atlantis. Ele se encaixou perfeitamente na imagem de um Aquaman masculino e decidido, transbordando de testosterona, algo que curiosamente ninguém associava com o papel.

    Sua participação foi uma das boas partes do filme da Liga da Justiça, e agora o primeiro trailer de seu filme solo chegou arrebentando. Não estão economizando mitologia, está tudo lá. Atlantis, Mera, piadinha de falar com peixes e o Arraia Negra, que diga-se de passagem está excelente, só espero que a turma da lacração não conte pontos pra “diversidade” por tornarem negro um personagem que sempre foi negro.

    Ok, chega de enrolar, assista:


    Warner Bros. Pictures — Aquaman – Official Trailer 1

    2 – Capitão Marvel

    A turma moderninha que nos desculpe, mas a gente que cresceu falando XIS-MEN chama o Capitão Marvel de Capitão Marvel, por mais que tenha rolado até briga judicial e hoje em dia a DC tenha horror ao nome, por ser basicamente propaganda da concorrência.

    Ele sempre foi um personagem mais básico, mais inocente. Ele manteve muito de sua identidade de herói dos anos 40 enquanto Batman e Super-Homem se tornavam mais e mais sérios.

    Ao contrário de outros personagens, o Capitão Marvel teve até uma série de TV própria, que vista em perspectiva era uma bela porcaria. Nela Billy Batson percorria os EUA (ok, a Califórnia) com um coroa pervertido num trailer, o Mortal Mais Poderoso da Terra usava seus poderes pra prender ladrões de galinha. Sério, é deprimente:


    warnerarchive — Shazam! (Opening Theme)

    O tratamento do personagem variava de acordo com a versão. Em alguns casos o Capitão Marvel era um adulto independente, em outros uma versão adulta de Billy Batson, em outra era o Billy em um corpo adulto, mas com mente ainda infantil.

    Essa versão foi a escolhida para o filme novo do personagem, por incrível que pareça fugiram da estética Christopher Nolan, de heróis realistas atormentados e tudo MUITO SÉRIO E SOFRIDO. O trailer é divertido, engraçado e sabe rir de si mesmo. O Capitão Marvel pode ser um personagem incrivelmente solene ou incrivelmente bobo. Se o fizessem solene seria uma cópia do Super-Homem. O fazendo bobo acharam todo um novo caminho: