• Publicado em

    Suspeito que prejudicou o cantor Leonardo e outras pessoas em Goiânia chorou e alegou problemas pessoais, diz vítima

    Cantor Leonardo é vítima de grave crime em Goiânia. Uma dupla sertaneja famosa também pode ter sido vítima do criminoso.

    De acordo matéria do GI GO, um empresário, que preferiu não se identificar, alega que também foi vítima do gerente do Banco Santander, em Goiânia, suspeito de dar golpes no cantor Leonardo e mais de 30 clientes. O correntista afirmou que o servidor lhe pediu um empréstimo de R$ 35 mil e chegou a quitar boa parte das parcelas, mas que não deposita o valor correspondente há quatro meses, apesar das sucessivas cobranças.

    “A última vez que estive no banco para cobrá-lo, ele começou a chorar e alegou uma série de problemas pessoais, que a mãe tinha morrido, que a avó estava com câncer. Arrumou um monte de desculpas”, disse ao G1.

    O cliente é correntista no banco há cerca de 7 anos e sempre teve o mesmo gerente. O valor, conforme o empresário, era para um amigo do servidor, e foi dividido em 18 prestações de pouco mais de R$ 3 mil. Totalizando as 4 parcelas ainda em aberto, mais os juros, a vítima calcula um prejuízo de R$ 14 mil. Ele foi ao 4º Distrito Policial de Goiânia para registrar uma ocorrência.

    A assessoria de imprensa do Banco Santander informou, em nota, que a instituição “tem interesse na identificação de responsáveis e apoiará integralmente a investigação pelos órgãos de segurança pública”.

    Concorra ao sorteio do valor de R$ 500 reais compartilheclique aqui e veja as regras na fanpage do Plantão JTI.

    “Ele era um cara tranquilo, com uma conversa boa e bom profissional. Não imaginava. A gente fica triste com o ser humano”, lamenta o empresário.

    Mais de 30 pessoas já denunciaram o banco à Polícia Civil. O delegado responsável pelo caso, Eli José de Oliveira, do 4º Distrito Policial de Goiânia, disse ao G1 que não pode passar muitos detalhes, mas revelou que o rombo é grande.

    “A gente está instaurando um procedimento contra ele por causa dos golpes. Estamos tentando localizá-lo. Ele lesou muita gente, não é pouco, não”, afirmou o delegado.

    Rombos de mais de R$ 3 milhões

    Na sexta-feira (10), a empresária Mildred Leite denunciou que o gerente falsificou as assinaturas dela e do marido e causou um prejuízo de cerca de R$ 3 milhões.

    “Eu abri a conta só para financiar minha casa e tenho esse problema desde 2013. Da minha conta o prejuízo é de R$ 1,3 milhão e, do meu marido, entre R$ 1,5 e R$ 2 milhões”, contou Mildred .

    Leia Também: Cantor Leonardo é vítima de grave crime em Goiânia

    De acordo com a empresária, ela havia notado a retirada de dinheiro e reclamado para o gerente. Na ocasião, ele devolveu a quantia, mas fez novos saques posteriormente.

    “Ele fazia várias transações na minha conta e falsificava minha assinatura ou usava a senha eletrônica. Quando eu ia ao banco reclamar, ele retirava o dinheiro de outra conta e passava para a minha e falava que estava tudo certo, que não tinha mais problema. Depois retirava de novo”, disse.

    O empresário Fernando Rosa, que também foi lesado, conta que o cantor Racyne, da dupla sertaneja Racyne e Rafael, também está entre as vítimas. “Anteontem, o Racyne estava com a mãe dele dentro do banco. Tem vários empresários lesados também”, disse à TV Anhanguera.

    Por telefone, a assessoria de imprensa de Leonardo disse que o cantor não vai se pronunciar sobre o assunto por se tratar de algo particular. Porém, comentou que “o banco já resolveu a questão com ele”.


  • Participe do debate em nosso grupo no Facebook