• Publicado em

    Uma jovem suspeita de cometer homicídio em Jataí foi presa em Londrina (PR)

    Na operação policial quatro pessoas suspeitas de cometerem homicídios foram presas em Londrina PR.

    De acordo matéria do site Sertanópolis News, quatro pessoas, entre elas uma jovem, suspeitas de cometer crimes de homicídios nas cidades de Londrina (PR) e Jataí (GO), foram presas, durante operação policial deflagrada pela Delegacia de Homicídios (DH) de Londrina. As prisões aconteceram nos dias 14 e 15/12.

    “A ação teve o intuito de prender pessoas que estariam com mandados de prisão em aberto, e obtivemos sucesso em resolver rapidamente dois casos e até prender um foragido de outro estado”, falou o delegado-titular da DH, Ricardo Jorge Perreira Filho.

    De acordo com a polícia, os primeiros a serem presos, foram a moça e um dos rapazes, eles são suspeitos de terem cometido o assassinado de Kleber Henrique de Carvalho, de 37 anos, que era ex-companheiro da atual namorada da jovem. O crime ocorreu no dia 02/12, no bairro Cafezal, em Londrina. As ameaças, agressões e desentendimentos causados pelo fim do relacionamento, teriam sido o motivo do crime.

    Segundo informações policiais, a jovem teria encomendado o crime e o rapaz havia executado o homicídio de Kleber. Os dois suspeitos foram encontrados em suas residências, que ficam no mesmo bairro onde o crime aconteceu.

    O terceiro suspeito foi preso no bairro Jamile Decquech, ele seria coautor do assassinato, de um ex-agente carcerário Diego Júlio Lapechenski Macena, de 23 anos. O crime ocorreu em julho deste ano.A equipe policial, afirma que o suspeito e o ex-agente participavam de uma organização criminosa, que roubava veículos. O crime teria acontecido, por causa de uma briga, entre os integrantes da organização e o ex-agente de cadeia. A confusão foi gerada pelo desacordo com a negociação dos valores pagos pelos carros roubados.

    Os policiais ficaram sabendo do paradeiro de um foragindo da Justiça de Jatai/GO, pela pratica de crime de homicídio. A informação levantada pelo setor de inteligência da delegacia de bela vista do paraíso apontava possível paradeiro do foragido, já condenado pela pratica de duas tentativas de homicídio e de um homicídio consumado.

    O foragido, foi localizado na casa de sua mãe, que fica no bairro Jardim Leonor. Na delegacia, ele afirmou ter cometido os crimes.

    Os quatro foram encaminhados para o setor de carceragem do CIAC/DEPEN, onde permanecem à disposição da Justiça.