• Publicado em

    Vaza áudio de suposto pastor implorando para fiéis assistirem filme de Edir Macedo; ouça

    As três fases de Edir Macedo no filme Nada a Perder. (Foto: Reprodução)

    De acordo matéria da TV Foco, os pastores da IURD estão mesmo focados em fazer com que o primeiro filme da trilogia ‘Nada a Perder’, do dono e fundador da igreja, seja um sucesso de bilheteria.

    TV Foco apurou que em uma determinada rede de cinema (a Orient Cinemas), firmou um acordo que possibilitou que os pastores pudessem comprar ingressos para o longa desde janeiro, meses antes de sua estreia efetiva nas telonas, o que veio muito a calhar para os funcionários de Edir Macedo.

    Além disso, também como parte da estratégia de fazer o filme explodir nos números, anda circulando nas redes sociais um áudio de um suposto pastor praticamente implorando para os fiéis irem ao cinema prestigiar a produção.

    Ele diz, no áudio, que é uma ‘missão’ a ser cumprida ver o longa e fazer ele bombar nas bilheterias. “Mesmo quem já assistiu dá força aí pra assistir novamente, e traga um convidado, traga alguém”, pede o suposto pastor. Ouça:

    SALAS QUASE VAZIAS:

    Sucesso ‘fantasma’, o filme Nada a Perder realmente está animando os donos de cinemas, que estão empolgados com a força das vendas dos ingressos para os filmes, mesmo que as salas fiquem quase vazias em muitas das sessões ‘esgotadas’.

    Segundo o jornal O Globo, que pertence ao Grupo Globo, o longa sobre parte da vida do empresário e líder religioso Edir Macedo já estreou batendo recordes neste fim de semana. E mais: já deixou o filme de Os Dez Mandamentos para trás.

    No primeiro fim de semana, ‘Nada a Perder’ vendeu 2,3 milhões de ingressos, segundo as estimativas do Filme B e da distribuidora Paris Filmes, que também produziu a atração.

    Já o resumo da novela Os Dez Mandamentos, que foi chamado de ‘filme’ após ganhar algumas cenas extras e inéditas, vendeu no primeiro fim de semana 2,2 milhões de ingressos. Era o recorde nacional.

    Vale dizer que a cinebiografia de Edir Macedo, foi lançada em 672 cinemas e foi o primeiro lugar disparado nas bilheterias do país entre quinta e domingo. O filme tinha como principal concorrente “Jogador nº 1”, de Steven Spielberg, que ficou muito atrás e atraiu ‘apenas’ 380 mil espectadores.

    Vale dizer também que estes números milionários ainda são uma prévia e podem sofrer pequenos reajustes. Para Paulo Sergio Almeida, diretor do ‘Filme B’, o desempenho da nova produção religiosa pode não ser tão promissor quanto ao ‘filme’ da história de Moisés, Ramsés, Zípora e companhia.

    “Não dá para saber ainda se o resultado da carreira de “Nada a perder” vai conseguir superar “Os dez mandamentos”. O longa anterior tinha uma história mais conhecida e mais aberta a outras religiões. Já este é mais fechado na biografia de um bispo da Universal, a princípio mais restrito”.

    Agora, desafio do filme é ultrapassar os 11,26 milhões de espectadores de “Os dez mandamentos”, que superou os 11,20 milhões de “Tropa de elite 2” para se tornar o longa brasileiro mais assistido da história (em renda, o recorde é de “Minha mãe é uma peça 2”).

    Vale dizer que nesta segunda-feira, 2, o colunista Maurício Stycer assistiu o filme em um cinema e presenciou com os seus próprios olhos que apenas cerca de 30% dos acentos ‘comprados’ estavam realmente ocupados. Desta forma, a sala em que ele viu o filme, estava quase ‘esgotada’, mas não tinha nem 20 ou 25% de sua capacidade total de público.

    Lembrando que uma semana antes da estreia do filme nos cinemas, a igreja de Edir, a IURD já anunciava aos seus fiéis que a mídia: “começará a despejar fake news (notícias falsas) para tentar diminuir a importância da espetacular bilheteria do lançamento do filme”.

    E mais: “A mídia, os produtores e promotores destas fake news tentarão, de todas as formas, espalhar que o êxito do filme foi manipulado, que os ingressos teriam sido comprados pela Universal e distribuídos aos fiéis. É mentira! A Universal não comprou, nem comprará entradas de cinema”.