• Publicado em

    Após dar festa íntima, jovem é morta a facadas dentro de casa

    Magna Ferreira da Silva, de 26 anos, ficou quatro dias desaparecida em Teresina (PI)

    Compartilhe!

    Uma pedagoga de 26 anos foi encontrada morta dentro de casa após ficar desaparecida por quatro dias em Teresina (PI).

    Magna Ferreira da Silva estava com diversas perfurações e com uma faca ainda cravada no corpo.

    Magna morava sozinha nesta casa. A jovem era recém-formada em pedagogia e vendia lanches em casa, como bolos, salgados e caldo de cana.

     

    A jovem foi vista na terça-feira (12) em um bar. Mais tarde, ela realizou uma festa privada em casa na companhia de alguns rapazes. Depois disso, ela desapareceu.

    Na quinta-feira (14), o namorado dela foi até a casa e conversou com vizinhos, relatando que não tinha mais notícias dela.

    No sábado (16), vizinhos acionaram a polícia porque sentiram um cheiro muito forte vindo da casa. Lá, encontraram o corpo de Magna em avançado estado de decomposição.

    Magna Ferreira da Silva, de 26 anos

    De acordo com a polícia, a jovem tinha diversas marcas de facadas e uma faca ainda cravada no corpo.

    A Delegacia de Homicídios está investigando o caso.

    Segundo o delegado responsável, Magna teve relações sexuais antes de morrer, mas ainda não se sabe se o sexo foi consensual.

    Já se sabe que o assassino tinha a cópia da chave da casa de Magna.

    O namorado da vítima já prestou depoimento, porém, ele não é considerado suspeito.

    A polícia trabalha na identificação dos convidados da festa para chegar ao autor do crime.

    Magna era natural de Amarante, distante 150 km de Teresina.

     

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.