• Publicado em

    Após se desentender com namorado, mulher sumiu há 5 dias em Goiás, diz família

    Familiares estão desesperados com o desaparecimento de Luiza Helena Pereira de Lima, de 38 anos, moradora de Aparecida de Goiânia (GO).

    Compartilhe!

    De acordo matéria do Metrópoles, desesperados, familiares procuram há cinco dias pela empregada doméstica Luiza Helena Pereira Lima, de 38 anos. Ela foi vista pela última vez na noite da sexta-feira (6/5) na casa de parentes, no bairro Jardim das Acácias, em Aparecida de Goiânia, na região metropolitana da capital, onde teria se desentendido com o namorado.

    A reportagem, o irmão de Luiza, Magno Pereira de Lima, de 42 anos, afirmou que a família está sem notícias da mulher desde então. Segundo ele, a Polícia Civil investiga o caso e estaria cumprindo diligências na divisa do estado de Goiás com o Tocantins. Seria para esta região que o namorado dela, Joaquim Bispo Costa Filho, principal suspeito, teria fugido no carro da mulher.

    Reunião familiar

    De acordo com Magno, na sexta-feira (6/5), a família de Luiza estava reunida para programar e definir as comemorações do Dia das Mães. Segundo ele, a mulher tem três filhos, de 11, 17 e 20 anos. Na ocasião, a doméstica teria comentado que queria terminar o relacionamento, que seria abusivo.

    Segundo ele, a irmã foi vista pela última vez por volta das 22h da sexta-feira. Ela não compareceu ao almoço marcado para o domingo (8/5).

    A família conta ainda que a última visualização dela no aplicativo de mensagem WhatsApp foi no sábado (7/5) de manhã, mesmo período em que Joaquim esteve na residência em que o casal morava, no Jardim Eldorado, em Aparecida de Goiânia. Ele teria levado pertences de Luiza, dentre eles roupas e documentos pessoais, além de ter tomado R$ 300 emprestados com a irmã dele.

    Ciúmes

    “Ele é muito ciumento, se mudou para dentro da casa dela. Ela trabalhando o dia todo e ele andando no carro dele para cima e para baixo. Ele não a deixa cumprimentar as pessoas. Descobrimos que ele fingia ser uma boa pessoa, mas já agrediu outras duas ex-mulheres, já tem um histórico de brigas, não paga pensão”, disse o irmão.

    “Ele esteve na casa dela no sábado para buscar roupas e toalhas, falou para o meu pai que ela estava na 44 [polo têxtil em Goiânia] com a irmã dele, mas ela não foi lá. Ele não teve a capacidade de deixar a minha irmã onde pudéssemos encontrar, ela é o esteio da minha família. Estamos desesperados”, completou Magno.

    O pai de Luiza, de 74 anos, procurou a irmã do namorado da doméstica, que teria emprestado o dinheiro a ele, mas ela desmentiu a situação, explicando que não estava com a doméstica. Em seguida, o pai de Luiza realizou uma chamada de vídeo para perguntar novamente a Joaquim onde estava Luiza e ele disse que a mulher estava na casa de sua irmã e que iria encontrar com ela. Depois disso, Joaquim também não foi mais visto.

    A suspeita da família é de que ele tenha feito algo com Luiza e fugido para casa de parentes em Gurupi, no Tocantins.

    O Boletim de Ocorrência foi registrado pela família e a Polícia Civil investiga o caso. A família pede que se alguém tiver informações sobre o caso, que entre em contato através dos telefones: (62) 99263-1269, (62) 98321-7052 ou (62) 9 8531-3177.

     

    Repórter Mari JTI

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.