• Publicado em

    Atriz fala pela primeira sobre participar de seita sexual

    Allison Mack, de Smallville, fazia parte de uma seita onde mulheres eram escravas sexuais.

    A atriz Allison Mack, além de ser lembrada por sua atuação em Smallville, também esteve envolvida em um escândalo, quando foi acusada de participar de NXVIM, um culto sexual de Hollywood.

    Allison foi indiciada pelo Justiça por aliciar mulheres para o grupo sexual, e aguarda sua sentença em liberdade. Ela falou pela primeira vez à imprensa em uma carta ao site The Hollywood Reporter sobre como foi ter participado da seita.

    “Agora, é de suma importância para mim dizer, do fundo do meu coração, eu sinto muito. Eu me joguei nos ensinamentos de Keith Raniere com tudo que eu tinha. Acreditava, de todo o coração, que sua orientação estava me levando a uma versão melhor e mais iluminada de mim mesma. Dediquei minha lealdade, meus recursos e, em última análise, minha vida a ele. Este foi o maior erro e arrependimento da minha vida”, disse.

    A NXVIM transformava as mulheres em escravas sexuais, as marcava a ferro com as iniciais de Keith Raniere, líder da seita, e obrigava elas a fazerem sexo com ele. Allison era uma das escravas, mas tinha o título de “mestre” porque também era responsável por atrais mulheres ao culto.

    A NXVIM transformava as mulheres em escravas sexuais, as marcava a ferro com as iniciais de Keith Raniere, líder da seita.

    Repórter Mari JTI/Via DOL

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
    Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
    Se você se interessou por esse artigo, ao comentar marque a opção publicar também no Facebook.